Busca

Vatican News
Irmã Berchmans após receber o prêmio do cardeal Vincent Nichols na Universidade St Mary's, em Londres Irmã Berchmans após receber o prêmio do cardeal Vincent Nichols na Universidade St Mary's, em Londres 

"Medalha Bento" concedida a religiosa irlandesa que dedicou sua vida ao ensino no Paquistão

A religiosa é a primeira mulher a receber a condecoração instituída pela Universidade inglesa fundada em 1850. Ao falar da escolha, o cardeal Vincent Nichols ressaltou que “a dedicação e o compromisso da irmã Berchmans com os milhares de estudantes que ensinou, é inspiração para qualquer pessoa comprometida com a vocação de ensinar". Seu exemplo de inclusão e respeito guiará nossos formandos ao começarem suas próprias jornadas de ensino e continuará a inspirar as futuras gerações.

Cidade do Vaticano

Em reconhecimento a uma vida dedicada ao ensino e à promoção do diálogo inter-religioso no Paquistão, a St Mary's University conferiu a Benedict Medal (Medalha Bento) - a maior honraria da universidade católica de Londres – à religiosa irlandesa Berchmans, no século Bernadette Conway. 

Ouça e compartilhe!

A entrega do prêmio foi no dia 17 de julho, durante a cerimônia de formatura dos estudantes da universidade. A colocar a medalha, o arcebispo de Westminster e presidente da Conferência Episcopal da Inglaterra e do País de Gales, Dom Vincent Nichols.

Professora de Benazir Bhutto no Paquistão

 

Nascida na Irlanda em 1930 e tendo ingressado no Convento de Willesden em Londres, em 1951, a irmã Berchmans lecionou por quase 70 anos, a maior parte deles no Paquistão, onde teve como alunos, estudantes cristãos, muçulmanos e hinduístas. Entre eles, a ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto.

Em 2012, a religiosa foi designada com a Sitara-i-Quaid-i-Azam, uma das mais altas honorificências civis concedida pelo presidente da República Islâmica do Paquistão.

Bento XVI

 

Antes de irmã Berchmans, a Medalha Bento já havia sido concedida ao patriarca de Constantinopla Bartolomeu I, ao primaz anglicano da Igreja da Irlanda Dr. Richard Clarke, ao arcebispo de Cantuária e ex-primaz da Igreja da Inglaterra Dr. Rowan Williams e a Sir Michael Wilshaw.

A distinção surgiu como uma forma de homenagem ao Papa emérito Bento XVI e em recordação de sua visita à prestigiosa Universidade de Londres em 17 de setembro de 2010, por ocasião de sua Viagem Apostólica ao Reino Unido. 

23 julho 2019, 15:58