Busca

Vatican News
216.078 católicos deixaram a Igreja na Alemanha em 2018 216.078 católicos deixaram a Igreja na Alemanha em 2018  

200 mil católicos abandonaram a Igreja na Alemanha em 2018

Segundo dados revelados pela Conferência dos Bispos alemães, 430 mil católicos e protestantes abandonaram suas respectivas Igrejas em 2018.

Em 2018, a Igreja Católica na Alemanha perdeu 216.078 membros, enquanto nas Igrejas protestantes a perda foi de cerca 220 mil membros. Os dados foram divulgados na última sexta-feira, 19, pela Conferência Episcopal Alemã.

Os membros da Igreja Católica na Alemanha são 23.002.128 e representam 27,7% da população alemã. As estatísticas divulgadas falam de uma Igreja que, nas 27 dioceses e arquidioceses em que está subdividido o país, vive nas 10.045 paróquias (com uma redução em relação a 2017, quando eram 10.191, devido às redefinições em andamento nas dioceses).

Os sacerdotes são 13.285 (13.560 no ano anterior), dos quais 6.672 são sacerdotes diocesanos. Para auxiliá-los no ministério pastoral existem 3.327 diáconos permanentes (mais 19 do que em 2017), 3.273 assistentes pastorais (dos quais 1.495 são mulheres e 1.778 homens) e 4.537 assistentes de comunidades (3.558 mulheres, 979 homens - menos 20 em relação a 2017). Já os religiosos são 3.668 religiosos e as religiosas 14.357.

Houve um ligeiro aumento no número de matrimônios (42.789 em 2018, enquanto em 2017 foram 42.523). Os batismos foram 167.787 (em 2017 eram 169.751), as Primeiras Comunhões 171.336 (178.045 em 2017) e os sepultamentos católicos 243.705 (243.824 em 2017).

Por outro lado, passaram a fazer parte da Igreja 2.442 pessoas (em 2017: 2.647) e retornaram a ela após um período de abandono 6.303 (6.685 em 2017).

O dado que  mais chama a atenção, no entanto,  é o número daqueles que decidiram "deixar" a Igreja: foram 216.078 pessoas em 2018, contra as 167.504 no ano anterior.

A brochura publicada é mais detalhada, trazendo todos os dados diocese por diocese.

22 julho 2019, 17:04