Cerca

Vatican News
Há 70 anos, Taizé, na Borgonha, continua a atrair milhares de jovens dos 5 continentes, que chegam à comunidade para rezar, conhecer e refletir juntos sobre o anúncio da esperança do Evangelho no mundo de hoje. Há 70 anos, Taizé, na Borgonha, continua a atrair milhares de jovens dos 5 continentes, que chegam à comunidade para rezar, conhecer e refletir juntos sobre o anúncio da esperança do Evangelho no mundo de hoje. 

"Frades em diálogo": o retiro dos Frades Menores em Taizé

O Capítulo “Under Ten” é uma proposta formativa da Ordem dos Frades Menores, dirigida aos frades que fizeram sua profissão solene há menos de dez anos. O encontro, de 8 a 14 de julho, realiza-se em Taizé e intitula-se "Frades em diálogo"

Eugenio Serra - Cidade do Vaticano

Os frades, que vivem os primeiros anos depois da profissão solene, "vieram aqui celebrar um momento de pausa em suas vidas e refletir juntos", disse ao Vatican o ministro geral da Ordem dos Frades Menores, frei Michael Perry.

Ver, julgar, agir

 

Os dias são articulados em três momentos estruturados segundo o modelo: "ver", "julgar" e "agir". "Ver" os sinais de diálogo em sua própria história, em seu próprio país e em sua própria realidade. "Julgar" o que foi visto na primeira fase do trabalho, aprofundando as bases de uma reflexão cristã e franciscana sobre o diálogo. Por fim, "agir": fazer escolhas concretas adequadas a cada realidade.

Frades no diálogo

 

O tema da reunião foi escolhido por Michael Perry, ministro geral da Ordem dos Frades Menores. "Viemos aqui - explica - para ouvir e compartilhar nossas experiências de Cristo. Também falamos sobre as dificuldades que estamos vivenciando em nível pessoal e em nível da fraternidade. Dificuldades de serviço no mundo de hoje. Estamos vivendo um momento de fraternidade e diálogo que representa uma oportunidade para nos abrirmos um ao outro, de cultivar nossa espiritualidade para acompanhar o mundo de hoje".

A escolha de Taizé

 

Taizé foi indicado pelo frei  Michael como local do Capítulo, por seu forte valor simbólico, como "um lugar que há decênios vive e encarna o diálogo ecumênico e a reconciliação entre os povos". Na pequena cidade francesa, vive desde 1940 uma comunidade cristã monástica, ecumênica e internacional, fundada por frei Roger Schutz.

Taizé e os jovens

 

Há 70 anos, Taizé, na Borgonha, continua a atrair milhares de jovens dos 5 continentes, que chegam à comunidade para rezar, conhecer e refletir juntos sobre o anúncio da esperança do Evangelho no mundo de hoje.

12 julho 2019, 16:39