Cerca

Vatican News
Michałos Łos, o jovem sacerdote com câncer terminal no hospital militar de Varsóvia. Michałos Łos, o jovem sacerdote com câncer terminal no hospital militar de Varsóvia.  ( Credit_Orionine_Fathers_courtesy_photo - CNA)

Falece sacerdote polonês que deu grande testemunho de fé

Faleceu na manhã desta segunda-feira, 17, às 11h53 em Varsóvia, padre Michał Łos, o sacerdote orionita de 31 anos que enfrentou sua doença terminal, testemunhando sua fé em Deus do leito do hospital na capital polonesa.

Cidade do Vaticano

Faleceu na manhã desta segunda-feira, 17, às 11h53 em Varsóvia, padre Michał Łos, o sacerdote orionita de 31 anos que enfrentou sua doença terminal, dando grande testemunhando de sua fé em Deus, do leito do hospital na capital polonesa.

Padre Łos havia recebido  do Papa Francisco em 22 de maio do ano passado, as dispensas necessárias para a profissão perpétua como Filho da Divina Providência. No dia seguinte, foi ordenado diácono e sacerdote no setor de oncologia do hospital militar de Varsóvia por Dom Marek Solarczyk, bispo auxiliar de Varsóvia-Praga.

 

Seu gesto e determinação em ser ordenado e celebrar a Missa "para estar ainda mais unido a Cristo", transformaram-se em um testemunho de fé que chegou a várias partes do mundo, e que uniu em oração milhares de pessoas que conheceram sua história de fé.

"A notícia - declarou o padre Tarcísio Vieira, diretor geral da Ópera Dom Orione -, sabíamos que viria, mas nos deixa igualmente profundamente tristes. Sabemos, porém, que não foi a morte a tirar a sua vida, mas foi ele quem quis  dá-la por amor a Cristo e aos pobres. Esta sua mensagem e seu testemunho ensinaram algo a todos nós e faremos de forma para que não se percam. Agradecemos ao Senhor por nos tê-lo dado como testemunha de grande fé e amor".

17 junho 2019, 13:44