Cerca

Vatican News
Migrantes no muro que divide México e Estados Unidos Migrantes em Tijuana, no muro que divide México e Estados Unidos  (AFP or licensors)

Papa Francisco: uma voz que clama no deserto da migração

Ouça o testemunho da Ir. Janete Ferreira, em missão atualmente na cidade mexicana de Tijuana. A brasileira destaca que os apelos do Papa Francisco são um chamado não só a toda a Igreja, mas também à sociedade e aos governos e fala da coragem das mulheres que emigram sozinhas com seus filhos.

Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

“Uma voz que clama no deserto”: assim a Ir. Janete Ferreira, das Missionárias Scalabrinianas, define o empenho do Papa Francisco em prol das pessoas migrantes.

Ir. Janete está atualmente em Tijuana, no México, para um “Serviço Itinerante” da Congregação, que consiste em conhecer a realidade dos albergues locais para suprir as necessidades básicas das pessoas que tentam cruzar a fronteira com os Estados Unidos.

Espera angustiante

A brasileira destaca que os apelos do Papa Francisco são um chamado não só a toda a Igreja, mas também à sociedade e aos governos. E, no caso do México, ainda falta muito por fazer para responder “com dignidade aos irmãos e irmãs que estão cruzando o país”.

Entre as inúmeras histórias com as quais entra diariamente em contato, Ir. Janete se diz impressionada com a coragem das mulheres que emigram sozinhas com seus filhos – mulheres que muitas vezes sofrem de depressão com a espera “angustiante” de uma resposta da imigração estadunidense:

Ouça a reportagem completa

 

20 maio 2019, 12:02