Cerca

Vatican News
Pró-Criança: unindo esforços para mudar realidade de miséria e abandono de muitas crianças e adolescentes Pró-Criança: unindo esforços para mudar realidade de miséria e abandono de muitas crianças e adolescentes 

Recife-PE: Movimento Pró-Criança, promovendo o direito à cidadania

Braço social da Arquidiocese de Olinda e Recife, a instituição tem como missão promover o direito à cidadania de crianças, adolescentes e jovens em situação de risco ou abandono através de educação complementar e de oferta de oportunidades de inclusão social. De passagem por Roma dias atrás, na quarta-feira (22/05) o coral do Movimento participou da audiência geral com o Papa Francisco, coroando sua primeira turnê pela Europa

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, o quadro “Brasil na Missão Continental” continua trazendo um pouco da caminhada de nossas dioceses em sua realidade eclesial. Hoje vamos à Arquidiocese de Olinda e Recife para trazer um pouco da realidade do Movimento Pró-Criança (MPC).

Cidadania de crianças, adolescentes e jovens

Na realidade, o Pró-Criança veio até nós. De passagem por Roma dias atrás, na quarta-feira (22/05), o coral do Movimento participou da audiência geral com o Santo Padre na Praça São Pedro, coroando sua primeira turnê pela Europa, após apresentar cinco espectáculos na França. O coral tem 14 anos e apresentou-se formado por 27 pessoas, além dos responsáveis, levando o folclore de Pernambuco para os franceses.

O Movimento Pró-Criança – ao qual o coral pertence – é um importante braço social da Arquidiocese de Olinda e Recife. Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1993, que visa minimizar as dificuldades vivenciadas pelos jovens e adolescentes carentes da Região Metropolitana do Recife por meio de trabalhos sociais.

A implantação do Movimento Pró-Criança foi motivada pelo grande número de crianças e adolescentes em situação de miséria e abandono e pela necessidade de unir esforços para a mudança dessa realidade. A instituição tem como missão promover o direito à cidadania de crianças, adolescentes e jovens em situação de risco ou abandono através de educação complementar e de oferta de oportunidades de inclusão social.

O Maestro do coral e educador do Movimento, Otávio Góes, e a coordenadora de projetos da instituição, Edvânia Ribeiro, foram entrevistados pelo Vatican News – Rádio Vaticano. Vamos ouvir: (ouça clicando acima).

29 maio 2019, 18:28