Vatican News
A Notre Dame vai continuar a ser um símbolo importante da fé católica, afirmam bispos franceses A Notre Dame vai continuar a ser um símbolo importante da fé católica, afirmam bispos franceses  (AFP or licensors)

A solidariedade do mundo católico pela Notre Dame de Paris

Bispos e arcebispos abalados com o incêndio da Catedral de Notre Dame também assistiram com tristeza “queimar 800 anos de patrimônio comum da fé”. Através das redes sociais, as mensagens de solidariedade e o convite para a reconstrução do espaço sagrado, em campanha já motivada pelo presidente francês, Emmanuel Macron.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Ainda na noite desta segunda-feira (15), enquanto as chamas consumiam a Catedral de Notre Dame, símbolo de Paris e segunda igreja mais visitada da Europa, depois da Basílica de São Pedro, os bispos da França expressavam imensa tristeza, assegurando proximidade e orações pela diocese. Em comunicado, disseram que a Notre Dame vai continuar a ser um símbolo importante da fé católica e um lugar para todos, católicos ou não.

Patrimônio comum da fé

Da Itália, os bispos enviaram “um abraço fraterno ao arcebispo de Paris, Michel Aupetit, e a todos os fiéis da cidade e da França inteira”, numa união de orações a todos que “veem queimar 800 anos de patrimônio comum da fé”. O arcebispo de Cantuária e Primaz da Igreja Anglicacna, Justin Welby, também pediu orações pelo povo da França e de todo o mundo que chorou “pelo belíssimo lugar sagrado onde milhões de pessoas encontraram Jesus”, terminando a mensagem em francês: “Nous sommes avec vous”, estamos com vocês.

A reconstrução de Notre Dame

Neste momento de tristeza que envolve o mundo inteiro, o card. Vincent Nichols, de Londres, convidou todos a rezar para que, “com um esforço compartilhado, o edifício seja reestruturado”, um espaço considerado “emblemático, visitado por milhões de pessoas, mas sobretudo um símbolo de fé, que está no coração da Europa”. De Viena, o card. Christoph Schonborn usou as redes sociais para abraçar a causa e dizer o quanto estava “profundamente abalado”, ao ver as fotos de Paris: “Notre Dame é o coração de Paris. Todos precisam ajudar a reconstruir a Notre Dame”.

Campanhas para reerguer a catedral

De fato, após as chamas que, na noite desta segunda-feira (15) consumiram a catedral e comoveram o mundo, o pensamento agora é na reconstrução. O presidente francês, Emmanuel Macron, já anunciou o lançamento de uma campanha para reconstruir as partes atingidas pelo fogo: "a Notre-Dame de Paris é nossa história, nossa literatura. É o epicentro de nossa vida. Trata-se da catedral de todos os franceses, mesmo daqueles que nunca vieram aqui", disse Macron.

Das agências de notícias chega a notícia de que a família francesa Pinault, dona de um banco de investimentos e de um grupo especializado em artigos de luxo, colocou 100 milhões de euros (cerca de 438 milhões de reais) à disposição para a reconstrução da catedral. 

16 abril 2019, 10:53