Vatican News
Card. Ricardo Blázquez, Presidente da Conferência Episcopal Espanhola Card. Ricardo Blázquez, Presidente da Conferência Episcopal Espanhola 

Espanha: abuso infantil entre os temas da Plenária dos Bispos

O card. Ricardo Blázquez abriu na segunda-feira (01/04) os trabalhos da Assembleia Plenária dos Bispos espanhóis em curso até este dia 5 de abril em Madri. Em primeiro plano no discurso do Cardeal, as conclusões do Encontro sobre a proteção dos menores realizado no Vaticano; as vocações e as próximas eleições na Espanha.

Lisa Zengarini - Cidade do Vaticano

A luta contra o abuso de menores na Igreja, as vocações sacerdotais e as eleições de 28 de abril próximo: esses foram os três temas principais que estiveram no centro do discurso do cardeal Ricardo Blázquez, presidente da Conferência Episcopal Espanhola (CEE), na sessão de primavera dos bispos que começou no dia 1º de abril em Madri.

Abusos: purificara a memória com conversão, reparação e prevenção

Com relação à pedofilia, o arcebispo de Valladolid recordou as palavras de Francisco em seu discurso conclusivo no recente encontro sobre a proteção dos menores no Vaticano. O Papa sublinhara que "a universalidade deste flagelo, embora confirmando a sua gravidade nas nossas sociedades, não diminui a sua monstruosidade no seio da Igreja, porque está em contraste com a sua autoridade moral e a sua credibilidade ética". O card. Blázquez observou então que "não podemos cancelar o passado; mas podemos enfrentá-lo 'purificando a memória'", através da conversão, da reparação das pessoas feridas e da prevenção para o futuro. Neste sentido, disse ele, se move o apelo feito pelo Papa em seu discurso de 24 de fevereiro "para escutar, proteger e cuidar das crianças abusadas, exploradas e esquecidas" e a "trabalhar juntos para erradicar esta brutalidade do corpo de nossa humanidade, adotando todas as medidas necessárias já em vigor em nível internacional e eclesial".

A pastoral vocacional "indispensável" para a vida da Igreja

O segundo tema abordado no seu discurso foi o dom da vocação ao sacerdócio, com referência à aprovação, durante a sessão, do Projeto Formativo para os seminários maiores da Espanha. O presidente dos bispos espanhóis destacou a importância da pastoral vocacional que - disse - é "indispensável" para a vida da Igreja: "Não queremos contentar-nos em gerir a escassez [de sacerdotes], aspiramos a ser o canal de novos chamados que o Senhor, sem dúvida, continua a fazer". Referindo-se às características dos novos sacerdotes, o cardeal Blázquez destacou que "o caráter comunitário e o sentido missionário do ministério do futuro pastor passam através de todo o percurso de formação do candidato para entregar-se ao Senhor, à Igreja e ao mundo".

Temas importantes para a votação: defesa da vida, da família, dos direitos e do trabalho

Com relação às próximas eleições antecipadas na Espanha, previstas para o final do mês, o cardeal falou da importância do compromisso político e da necessidade de líderes que "cumpram fielmente a tarefa que lhes foi confiada pelos cidadãos: "Precisamos - disse - de pessoas exemplares nas instituições para fortalecer a moralidade na sociedade". O card. Blázquez destacou quatro temas que merecem atenção especial por parte do eleitorado: a defesa da vida humana desde a concepção até a morte natural; o cuidado e a promoção da família "que é o autêntico pilar da sociedade"; o trabalho, especialmente o dos jovens; o respeito dos direitos humanos, "sem discriminação alguma", como afirmado na Constituição espanhola.

Uma campanha eleitoral sem insultos e fake news

O presidente dos bispos espanhóis concluiu com a esperança de uma campanha eleitoral civil, baseada nos conteúdos e não na "manipulação da verdade e na desinformação intencional", que, segundo ele, "são particularmente perniciosas em tempos de eleições, porque podem ter consequências graves e de longo alcance".

03 abril 2019, 11:49