Cerca

Vatican News
A Igreja reconhece nos pobres e nos que sofrem a imagem do seu Fundador, pobre e sofredor (Lumen gentium 8b) A Igreja reconhece nos pobres e nos que sofrem a imagem do seu Fundador, pobre e sofredor (Lumen gentium 8b) 

Dom Petrini: opção preferencial pelos pobres é opção evangélica

Bispo de Camaçari - BA, Dom Petrini nos diz que a grande contribuição latino-americana à Igreja no mundo inteiro no trabalho de acolher o conteúdo do Concílio Vaticano II é a respeito da opção preferencial pelos pobres, “que especialmente com a contribuição do Papa Bento XVI se tornou sempre mais claramente uma opção evangélica”, que dentro de um horizonte evangélico transborda os países da América Latina para ser acolhida no mundo inteiro

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, o quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” de hoje traz a participação do bispo da Diocese de Camaçari – BA, Dom João Carlos Petrini, desde fevereiro de 2011 à frente desta Igreja particular da região metropolitana de Salvador.

Opção sempre mais claramente evangélica

Atendo-se nesta edição à recepção, acolhimento e implementação do Concílio por parte da Igreja na América Latina, nosso convidado nos diz que a grande contribuição que esta dá à Igreja no mundo inteiro no trabalho de acolher o conteúdo do Concílio Vaticano II é a respeito da opção preferencial pelos pobres, “que especialmente com a contribuição do Papa Bento XVI se tornou sempre mais claramente uma opção evangélica”, opção esta, afirma Dom Petrini, que dentro de um horizonte evangélico transborda os países da América Latina para ser acolhida no mundo inteiro.

Outro ponto importante destacado pelo bispo de Camaçari é uma “eclesiologia de comunhão”, a Igreja sempre mais compreendida como comunhão – explica ele –, como comunhão com Deus e como comunhão entre os irmãos que compartilham o mesmo caminho de fé.

Nosso entrevistado ressalta-nos que isso implica uma grande valorização da vida fraterna reconhecendo a presença de Cristo graças àquela vida fraterna que tem como fruto principal uma vida partilhada. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

12 abril 2019, 12:18