Cerca

Vatican News
Dom José Luis Escobar Dom José Luis Escobar 

El Salvador: Igreja convida a votar com responsabilidade

Com a proximidade das próximas eleições presidenciais, dia 3 de fevereiro, o arcebispo de San Salvador, Dom José Luis Escobar, convidou os salvadorenhos a votarem com responsabilidade.

Cidade do Vaticano

“As eleições se aproximam, votar com responsabilidade é um direito e um dever de todos os cidadãos”, são palavras de Dom José Luis Escobar, arcebispo de San Salvador, durante a homilia de domingo 13 de janeiro,  durante a Missa que celebrava o Dia Mundial da Paz, na Catedral metropolitana.

Ouça e compartilhe

No próximo dia 3 de fevereiro, cerca de 5 milhões de pessoas serão chamadas às urnas para eleger o Presidente e o vice-presidente que governará o país nos próximos anos. O arcebispo pediu que todos escolhessem a pessoa que mais responde aos legítimos interesses do povo.

Não à privatização da água: beneficia poucos e prejudica os pobres

O arcebispo aproveitou a ocasião para convidar os funcionários locais a “trabalharem” pela paz governando “com justiça pelo bem comum” e evitar qualquer tentativa de privatizar a água. “Em uma sociedade democrática – observou – a água não pode ser privatizada em benefício de poucos e prejudicando severamente os pobres, é inconcebível, é impensável”. Dom Escobar também criticou a política fiscal de El Salvador pois – na sua opinião – “privilegia os mais ricos, permitindo-lhes eludir os impostos, enquanto que os mesmos são aplicados sem piedade e sem exceções para os pobres. O arcebispo também denunciou a injustiça de um sistema de aposentadoria que dá a poucos “lucros milionários” enquanto que outros são “condenados a viverem para sempre na miséria”.

Pesquisas apontam o ex-prefeito de San Salvador em primeiro lugar

Segundo os meios de comunicação local, o ex-prefeito de San Salvador, Nayib Armando Bukele Ortez está em primeiro lugar nas pesquisas contra os partidos tradicionais que perderem popularidade por causa de ex-presidentes acusados de corrupção.

 

14 janeiro 2019, 12:00