Cerca

Vatican News

Parque Omar transforma-se no Parque do Perdão

A área verde no coração da Cidade do Panamá virou ponto de referência para o encontro dos jovens. Além da possibilidade de confissão, há a Feira Vocacional e o Festival da Juventude, e claro, uma boa sombra para se proteger do calor e descansar.

Jackson Erpen – Cidade do Panamá

O Parque Recreativo Omar na Cidade do Panamá transformou-se desde terça-feira, no Parque do Perdão “Renova-me”, e também em um ponto de encontro dos jovens.

De fato, na área estão distribuídos 203 dos confessionários construídos por 35 detentos. Outros 47 foram colocados em Centros Comerciais e outros locais com grande afluência de público. Há sacerdotes de diversas línguas atendendo às confissões. Basta dizer a língua falada, que o voluntário indica um sacerdote.

Mas antes de entrar na fila para confessar, o penitente faz uma primeira parada diante uma imagem de Nossa Senhora. As confissões são abertas a todos, não somente aos jovens peregrinos da JMJ. Na terça-feira, o arcebispo dom José Domingo Ulloa aproveitou e fez a sua confissão. “Sou um pecador redimido pela misericórdia de Deus e confessar me ajuda muito”, declarou ao jornal “La Prensa”.

Além das confissões, o Parque acolhe também a Feira Vocacional “Seguem-me”, que reúne diversas realidades vocacionais da Igreja Católica e o Parque temático Cristonautas, mas não só.

Festival da Juventude

 

E nesta quarta-feira, teve início o Festival da Juventude “Alegra-te” que envolve várias atividades das 13 às 23h30.

Esta iniciativa foi criada para oferecer aos jovens das diversas partes do mundo a oportunidade de compartilhar seus talentos artísticos, religiosos e experiências de fé e vida, por meio de apresentações de música, dança, teatro, performances, exposições, encontros e muito mais. A entrada é sempre gratuita e a seleção daqueles que se apresentarão foi feita entre outubro de 2017 e 30 de maio de 2018.

Ouça a reportagem
23 janeiro 2019, 21:21