Cerca

Vatican News
Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém 

Reunião da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém

O evento acontece a cada 5 anos e tem caráter deliberativo sobre eventuais alterações nas normas e diretrizes da Ordem.

Cidade do Vaticano

Os membros da Consulta da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, concluem, nesta sexta-feira, três dias de reunião de Consulta, da qual participaram Lugares-Tenentes de dezenas de Países do mundo. O evento acontece a cada 5 anos e tem caráter deliberativo sobre eventuais alterações nas normas e diretrizes da Ordem.

Ouça a reportagem

O Grão-Mestre, Cardeal Edwin O'Brien inaugurou os trabalhos com um discurso. Entre os participantes, estavam presentes o Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém, Arcebispo Pierbatista Pizzaballa, e o Lugar-Tenente do Rio de Janeiro, a Dama Isis Penido, acompanhada pela Assessora Especial, Dama Eliana Moura, pelo Assessor de Imprensa da Tenência, Cavaleiro Dauro Machado. Ambos acompanham a Lugar Tenente em compromissos internacionais. O Grão Mestre, cardeal Edwin O'Brien, recebeu das Damas brasileiras uma imagem de Nossa Senhora Aparecida e um álbum de fotos da visita do Grande Magistério ao Rio de Janeiro, em maio de 2017.

Ordem Equestre

A Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém é uma instituição leiga da Santa Sé encarregada de suprir as necessidades do Patriarcado Latino de Jerusalém e de sustentar as atividades e iniciativas em favor da presença cristã na Terra Santa.

A Ordem Equestre do Santo Sepulcro e a Ordem Soberana e Militar de Malta são as únicas Ordens de Cavalaria reconhecidas, histórica e juridicamente, pela Santa Sé.

Fundação

A Ordem Equestre do Santo Sepulcro tem sua origem na Ordem dos Cônegos do Santo Sepulcro, constituída por Godofredo de Bulhão, depois da conquista de Jerusalém, na época da Primeira Cruzada. Após a conquista, os Cavaleiros, de diversas nacionalidades, fizeram o voto de obediência de oferecer suas vidas para a defesa do Santo Sepulcro.

Após a Primeira Cruzada, em 1114, o então Patriarca de Jerusalém, Arnolfo de Choques, obrigou os cônegos a viverem em comunidade, sob a regra de Santo Agostinho.

A partir de 3 de agosto de 1888, sob o pontificado do Papa Leão XIII, mulheres leigas também passaram a ter acesso à Ordem por meio do chamado Braço de Damas.

Em 1949, o Papa Pio XII estabeleceu que o Grão-Mestre fosse um Cardeal da Santa Igreja Romana, assegurando ao Patriarca Latino a prerrogativa de Grão-Prior.

Atualmente, o Grão Magistério está espalhado em 52 países ou Lugares-Tenentes, dos quais 5 na América do Sul.

Ordem Equestre no Brasil

A Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém, sob a alta proteção da Santa Sé e de caráter internacional, está representada em 30 países ou Lugares-Tenências.

Em 1° de julho de 1959, o Grão-Mestre, Cardeal Canali, erigiu a Lugar-Tenência em São Paulo, a primeira sede no Brasil, na presença de Dom Armando Lombardi, Núncio Apostólico no Brasil, e investidos os primeiros Cavaleiros e Damas brasileiros.

Em 22 de outubro de 1987, a sede foi transferida para o Rio de Janeiro, acolhida pelo Cardeal Eugênio de Araújo Sales, que se tornou Grão-Prior.

16 novembro 2018, 12:23