Versão Beta

Cerca

Vatican News
Imagem do Senhor dos Milagres na Via da Conciliação Imagem do Senhor dos Milagres na Via da Conciliação  (AFP or licensors)

Peruanos festejam Senhor dos Milagres na Praça São Pedro

A festa do Senhor dos Milagres, ou Cristo de Pachacamilla, muito celebrada pelos peruanos, remonta ao século XVII.

Cidade do Vaticano

Presente na Praça São Pedro no Angelus, um quadro do “Señor de los Milagros”, carregado por membros da Irmandade do Senhor dos Milagres de Roma.

A imagem deixou a Basílica São João de Latrão às 9h30 sendo levada até a “Chiesa Nuova”. De lá, partiu em procissão até o Vaticano, passando pela Via da Conciliação.

Após o Angelus, ingressou na Basílica de São Pedro onde foi celebrada uma Missa presidida pelo presidente da Conferência Episcopal Peruana, Dom Miguel Cabrejos, e concelebrada por Dom Juan Carlos Vera, bispo Castrense do Perú, Dom Ricardo García, bispo da Prelazia de Cañete y Yauyos, bispos latinoamericanos e sacerdotes residentes em Roma.

A devoção ao Cristo de Pachacamilla na cidade de Roma teve início em 1993, quando uma peruana reuniu um grupo de pessoas junto ao quadro do Senhor dos Milagres. Mais tarde, no ano 2000, foi traslada do Peru uma imagem do Cristo Moreno com um andor pesando 1,5 toneladas, para as procissões na Cidade Eterna.

A imagem está exposta para veneração permanente na Igreja Santa Maria da Luz, em Roma. A comunidade de peruanos na capital italiana é formada por cerca de 40 mil pessoas.

No Peru, milhares de fiéis foram as ruas para festejar o Señor de los Milagros, uma devoção que teve início no século XVII.

Museu Senõr de los Milagros

 

 

21 outubro 2018, 15:11