Versão Beta

Cerca

Vatican News
Camerun manifestazioni a Bamenda Camarões: manifestações em Bamenda 

Camarões. Seminarista assassinado na região anglófona

O Arcebispo de Bamenda, Dom Cornelius Fontem Esua, comunicou que no dia 4 de outubro foi assassinado um jovem seminarista na região anglófona de Yaoundé. O jovem que se chamava Gérard Anjiangwe, tinha 19 anos e foi morto por um grupo de militares, em frente à Igreja paroquial de Santa Teresa de Bamessing, um vilarejo nas proximidades de Ndop, no noroeste de Camarões

Cidade do Vaticano

Segundo o comunicado da Arquidiocese, no final da missa, cerca de 9h30 da manhã, enquanto Gérard Anjiangwe e os fiéis encontravam-se em frente à igreja, chegou um caminhão militar proveniente de Ndop e parou no início da rua. Alguns soldados desceram e começaram a atirar.

Enquanto os fiéis se refugiavam na sacristia bloqueando a porta, o seminarista ajoelhou-se no chão rezando o terço. “Os militares tentaram abrir a porta, mas não conseguiram, então se aproximaram de Gerard que estava estendido no chão e disseram para ele se levantar, e ele obedeceu com alguma hesitação”, diz Dom Cornelius.

Depois de interrogá-lo, os soldados obrigaram o seminarista a ajoelhar-se novamente. “E atiraram três vezes no pescoço e ele morreu na hora”, afirma o Arcebispo.

Apelo do bispo aos cristãos

No seu comunicado, Dom Cornelius lança um apelo a todos os cristãos neste momento de dor para que rezem pela alma de Gérard e também por Stephen Akiata e Comfort Akiata, seus pais, e toda a família, pois o seminarista era filho único”.

O dramático episódio enquadra-se nas tensões nas regiões anglófonas que precederam e acompanharam as eleições presidenciais de domingo, 7 de outubro.

Ouça e compartilhe
17 outubro 2018, 12:35