Versão Beta

Cerca

Vatican News
Mons. Daniel Batalha Henriques, Bispo auxiliar de Lisboa Mons. Daniel Batalha Henriques, Bispo auxiliar de Lisboa  

Novo Bispo Auxiliar de Lisboa disponível para a “Missão”

Ordenação episcopal do cónego Daniel Batalha Henriques terá lugar a 25 de novembro, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Domingos Pinto – Lisboa

“É uma diocese que muito amo, é a minha diocese, aqui cresci para a fé, aqui encontrei os sinais vocacionais”.

É assim que o novo Bispo Auxiliar de Lisboa, começa por sublinhar a sua nomeação no passado dia 13 de outubro pelo Papa Francisco.

Numa mensagem vídeo divulgada pelo site do Patriarcado de Lisboa, D. Daniel Henriques considera que é “um privilégio” ser bispo na diocese onde cresceu e onde tem sido padre.

O novo prelado diz que é uma “graça muito grande” ser bispo em “comunhão profunda” com o cardeal-patriarca de Lisboa e os bispos auxiliares do Patriarcado, e manifesta-se disponível para “as missões que a Igreja diocesana for colocando”.

“A nossa diocese encontra-se em plena aplicação prática e pastoral do nosso sínodo diocesano, encontramo-nos em pleno ano missionário:  são desafios muito grandes que Deus nos faz e faz à Igreja de Lisboa e quero abraçá-los no meu ministério e poder ajudar”, sublinha ainda D. Daniel Henriques que nasceu em 1966 em Ribamar, no Concelho de Mafra.

O Novo bispo tem 52 anos, é membro do presbitério de Lisboa e era, atualmente, pároco das paróquias de Torres Vedras e Matacães e vigário da Vigararia de Torres Vedras.

Foi ordenado sacerdote em 1990, no Mosteiro dos Jerónimos. A primeira nomeação foi, em 1990, para membro da equipa formadora do Seminário de São Paulo, em Almada. Foi depois pároco da Ramada, Famões, Algés e Cruz Quebrada, e diretor do Serviço de Animação Missionária do Patriarcado de Lisboa.

O novo Bispo Auxiliar foi nomeado cónego do Cabido da Sé Metropolitana Patriarcal de Lisboa, em abril de 2011.

Ouça a reportagem!

 

 

 

 

 

 

24 outubro 2018, 13:48