Cerca

Vatican News
Igreja e comunicação digital Igreja e comunicação digital 

Portugal: Igreja aposta na comunicação digital

Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e Rede Mundial de Oração do Papa, uma obra confiada aos Jesuítas, organizaram em Fátima Jornadas de Comunicação Social e Digital.

Domingos Pinto - Lisboa

A presença da igreja no «media» e nas novas tecnologias da informação, marcou as Jornadas de Comunicação Social e Digital que tiveram lugar a 27 e 28 de setembro em Fátima.

‘APPlica-te’ (#APPlicaTe) foi o tema que animou os trabalhos e que permitiram o debate de temas como ‘Dicas para um Marketing Digital eficaz e ético’, ‘Boas práticas para evangelizar’ nas redes sociais; ou “chaves para fazer uma APP religiosa”.

Conhecer o público e apostar em «influencers» que ajudem a passar mensagens e valores, são grandes desafios lançados nas Jornadas que ficaram ainda marcadas por um estudo mundial inédito sobre os “interesses dos jovens entre os 18 e 25 anos” nas redes sociais apresentado por Jesús Colina, diretor editorial da Aleteia.

Um inquérito num universo de 540 milhões de perfis no Facebook e Instagram sobre quem são os jovens que partilham conteúdos religiosos nas redes sociais. Dados que revelam que 4% tem interesse em conteúdos religiosos cristãos, e que Portugal ocupa o 3.º lugar dos “jovens interessados em religião” na Europa.

Os maiores influenciadores nas redes sociais são personagens de sucesso que “abraçaram uma causa”; já o Papa Francisco surge como o maior “influencer” nos jovens que manifestam interesse pela religião.

O que importa, diz em entrevista à VATICAN NEWS o padre Américo Aguiar, diretor do secretariado nacional das comunicações sociais da igreja, é que “a mensagem possa encontrar um terreno fértil e possa germinar”.

“Como diz o Papa Francisco, a presença da igreja nos media, a presença da igreja nas redes sociais só vale a pena se proporcionar o encontro com Cristo”, sublinha o sacerdote, que é também presidente do Conselho de Gerência das empresas do Grupo Renascença Multimédia.

Também ao portal da Santa Sé, o padre António Valério, diretor da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal destaca a importância do digital na ação evangelizadora da igreja, e alerta para o perigo das «fake news», notícias falsas.

O sacerdote jesuíta, que olha “com bastante otimismo para o digital”, considera que é “importante estabelecermos alguns critérios na nossa relação com estes meios para que não nos desviem daquilo que é o essencial”.

Ouça e compartilhe!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexos:

File áudio: IGREJA COMUNICACAO DIGITAL

02 outubro 2018, 12:42