Versão Beta

Cerca

Vatican News
Religiosas nigerianas Religiosas nigerianas  (AFP or licensors)

Nigéria: cinco religiosas sequestradas, outras duas feridas

No Estado do Delta, no sudeste da Nigéria, foram sequestradas cinco irmãs das Missionárias de Marta e Maria, uma ordem religiosa da diocese de Issele-Uku. Na emboscada, outras duas religiosas ficaram feridas.

Cidade do Vaticano

De acordo com as notícias enviadas à Agência Fides, no dia 25 de outubro, alguns homens armados interceptaram o veículo das religiosas que retornavam de uma cerimônia fúnebre perto de Agbor, a 40 quilômetros a oeste de Issele-Uku. Os bandidos dispararam alguns tiros para parar o carro das irmãs e pelo menos duas relilgiosas foram atingidas nas pernas por alguns tiros. Os bandidos então fugiram levando consigo cinco religiosas. Falando à imprensa local, um sacerdote da diocese de Issele-Uku declarou: "Rezem pela libertação das cinco irmãs sequestradas em Agbor, e pelas duas outras irmãs que estavam no mesmo veículo e que foram atingidas nas pernas".

Estado do Delta, cenário de outros sequestros de religiosos

O sequestro das religiosas é apenas o mais recente de uma série de episódios semelhantes que vêm ocorrendo há muito tempo no Estado do Delta e em outras áreas do sudeste da Nigéria. Um sacerdote da mesma diocese das irmãs sequestradas, a de Issele-Uku, foi até mesmo sequestrado duas vezes. O padre Andrew Anah, pároco da Igreja do Sagrado Coração de Obomkpa, de fato, foi sequestrado pela segunda vez em 5 de junho e depois libertado no início de julho. O padre Anah havia sido sequestrado pela primeira vez em 2017 e libertado depois de alguns dias. (L.M. - Agência Fides) 
 

30 outubro 2018, 14:38