Versão Beta

Cerca

Vatican News
Levar também apoio espiritual a quem vive em regiões remotas da Sibéria é o objetivo da missão Levar também apoio espiritual a quem vive em regiões remotas da Sibéria é o objetivo da missão  (ANSA)

Navio-igreja para os ortodoxos na Sibéria

Todos os que desejarem poderão receber o Batismo, os santos Sacramentos da Comunhão e da Confissão, falar individualmente com um padre e ter acesso a literatura espiritual, entre outros benefícios.

Cidade do Vaticano

É uma jornada missionária única que está prestes a acontecer na Sibéria: trinta sacerdotes ortodoxos estarão a bordo de um navio-igreja, que visitará áreas remotas desta grande região da Rússia, áreas que necessitam de apoio espiritual e material.

O navio, que abriga uma pequena igreja dedicada ao Santo Apóstolo André, em breve partirá de Novosibirsk, a capital do Distrito Federal da Sibéria, e passará por um total de quarenta e sete localidades pouco povoadas.

Ideia nascida em 1996

 

A iniciativa é promovida conjuntamente pelas autoridades regionais e pela diocese metropolitana de Novosibirsk. A ideia nasceu em 1996  - quando partiu a primeira expedição - e, em vinte e dois anos, segundo dados das autoridades, mais de cem mil pessoas teriam sido beneficiadas pelo encontro com os sacerdotes ortodoxos. Elas também puderam receber tratamento médico.

Apoio espiritual e material

 

"O principal objetivo de nossa viagem" – lê-se em um comunicado dos organizadores - "é fornecer apoio espiritual e material às pessoas  que vivem em áreas isoladas da região de Novosibirsk. Todos os que desejarem poderão receber o Batismo, os santos Sacramentos da Comunhão e da Confissão, falar individualmente com um padre, convidar um sacerdote para visitar sua casa,  receber água benta e ter acesso à  literatura espiritual”.  

Pessoal especializado também estará a bordo para ajudar os residentes locais que necessitam de assistência médica. (L'Osservatore Romano)

Ouça e compartilhe!

 

12 agosto 2018, 18:46