Versão Beta

Cerca

Vatican News

Irmão Roger de Taizé: o conselho aos jovens de uma vida simples

Em 16 de agosto de 2005, durante uma cerimônia, Irmão Roger Schutz, era assassinado. Uma das figuras religiosas mais relevantes do séc. 20, seu convite aos jovens é eterno: vida simples, família e comunhão

Alessandro Di Bussolo e Andressa Collet – Cidade do Vaticano

É tradição para os jovens de Taizé alcançar a colina no centro da França para viver, todos os anos, uma semana especial entre católicos e protestantes, pela unidade dos cristãos. Uma peregrinação inclusive para redescobrir o sentido da vida.  Seguindo as características do clima e da experiência da comunidade, entre encontro, canto, oração e silêncio, era Irmão Roger quem sempre encontrava os jovens ao final de uma oração ou dos encontros.

A noite de 16 de agosto de 2005

O fundador da comunidade ecumênica internacional de Taizé, na França, o monje suíço protestante Roger Schutz, foi assassinado em 16 de agosto de 2005. Ele tinha 90 anos e presidia uma cerimônia para 2.500 pessoas, quando uma mulher de nacionalidade romena, de 36 anos, o atacou com uma faca.

Ir. Roger aos jovens: vida simples, família e comunhão

Em uma entrevista para o Centro Televisivo Vaticano, em janeiro de 1998, Irmão Roger explicava que, “em Taizé, nós escutamos. Eu e meus irmãos não somos pais espirituais, mas somos homens que escutam, às vezes podemos dizer uma palavra, dizemos aos jovens para se questionar a si mesmos e de procurar dentro de si. Procurar e escutar é já o início de uma cura”.

Muitos compartilham com os irmãos de viver “uma grande inquietação sobre o que virá: que futuro terei, qual trabalho, como encontrá-lo e como ganhar a vida. É uma grande inquietação da Europa. A eles eu diria de procurar se adaptar e de encontrar uma liberdade interior, absolutamente necessária. A simplicidade da vida é a nossa resposta. Uma vida feita de pouco, quase nada, e, assim, caminhar, construir uma família, construir uma comunhão”.

Ouça a reportagem completa
16 agosto 2018, 10:20