Versão Beta

Cerca

Vatican News
Hundreds of Salvadorans start pilgrimmage before Romero's canonization
 Centenas de salvadorenhos em peregrinação antes da canonização de Dom Romero  (ANSA)

Peregrinação à cidade natal de Dom Romero

“Caminhada rumo à cidade natal de Dom Romero, mártir da esperança e da libertação”. Centenas de fiéis de El Salvador estão participando nestes dias da segunda peregrinação nacional em preparação à Canonização do beato Óscar Arnulfo Romero.

Cidade do Vaticano

Os fiéis de El Salvador estão participando nestes dias da segunda peregrinação nacional intitulada “Caminhar com São Romero para construir a paz”, em preparação à Canonização do beato Óscar Arnulfo Romero, que se realizará na Praça de São Pedro, no Vaticano, dia 14 de outubro próximo.

A primeira peregrinação realizou-se de 11 a 13 de agosto de 2017, no contexto do centenário do nascimento do Beato.

Trata-se de uma caminhada de 157 quilômetros entre a capital, San Salvador, e a Ciudad Barrios, cidade natal de Dom Oscar Romero, em vista da santificação do arcebispo, mártir da esperança e da libertação.

Dom Romero será canonizado junto com o Papa Paulo VI durante o Sínodo dos Bispos sobre os Jovens, que se realizará, no Vaticano, de 3 a 28 de outubro próximo.

Etapas da Peregrinação

A peregrinação, que teve início nesta quinta-feira (02/8) e se concluirá sábado (04/8), se desenvolve em três etapas.

A primeira começou na catedral metropolitana da capital salvadorenha, San Salvador, com uma Santa Missa, onde se encontra o túmulo do Beato Romero, e terminou com uma segunda celebração ecumênica, presidida pelo cardeal Gregório Rosa Chávez, em Cuscatlán, município de San Rafael Cedros.

A segunda etapa, ou seja nesta sexta-feira (03/8), prossegue de San Rafael Cedros e se conclui em Chapeltique, município de cerca de 10 mil habitantes, distrito de San Miguel.

A terceira e última etapa, neste sábado (04/8) começará, em Chapeltique e terminará com uma celebração Eucarística de ação de graças, na paróquia Beato Oscar Romero em Ciudad Barrios, sua terra natal.

No entanto, a arquidiocese de San Salvador pediu à Casa Pontifícia vaticana cinco mil bilhetes para os fiéis salvadorenhos participarem da Canonização de Dom Romero, na Praça de São Pedro, dia 14 de outubro.

Romero mártir

Romero foi assassinado em 24 de março de 1980, enquanto celebrava uma Missa na capela do Hospital da Divina Providência da capital salvadorenha, dias antes da eclosão do conflito armado de El Salvador (1980-1992).

O prelado dedicou uma série de homilias denunciando, com coragem, os ataques das forças de segurança contra civis e outras violações dos direitos humanos.

Um relatório da Comissão da Verdade das Nações Unidas, que investigou as violações dos direitos humanos, durante a guerra civil salvadorenha, determinou que a ordem para assassinar o arcebispo partiu do ex-Major do Exército e fundador do partido Alianza Republicana Nacionalista (ARENA), Roberto D'Aubuisson.

Dom Oscar Arnulfo Romero foi beatificado em 23 de maio de 2015, durante uma celebração que reuniu milhares de pessoas em San Salvador. (Várias/EFE)

03 agosto 2018, 13:33