Versão Beta

Cerca

Vatican News
Cardeal D. António Marto Cardeal D. António Marto  

D. António Marto: reafirma “plena sintonia com o Papa Francisco”

Bispo de Leiria-Fátima, na apresentação do livro ‘D. António Marto. O Cardeal de Fátima’

Domingos Pinto - Lisboa

“Fiquei surpreendido e espantado” - foi desta forma que o novo cardeal português, D. António Marto, acolheu a sua nomeação para o cardinalato

Palavras do Bispo de Leiria e Fátima no passado dia 12, no lançamento do livro ‘D. António Marto. O Cardeal de Fátima’, na Paulus Livraria.

A obra tem prefácio do cardeal-patriarca de Lisboa, e foi apresentada por Paulo Rocha, diretor da Agência Ecclesia, e pelos autores Ricardo Perna, da revista ‘Família Cristã’; João Francisco Gomes, do ‘Observador’; e Octávio Carmo, da Agência Ecclesia.

“Nunca imaginei que o cardinalato tivesse um alcance tão grande, certamente também por ser de Fátima”, sublinhou D. António Marto que recordou a breve troca de palavras que teve com o papa no consistório do passado dia 28 de junho quando recebeu as insígnias cardinalícias.

O prelado português que reafirma uma “relação particular” entre o Papa e o bispo de Fátima, uma “comunhão de pensamento e de metas pastorais”, diz estar “em plena sintonia com o Papa Francisco neste empreendimento da reforma da Igreja que começa pela renovação dos corações e das mentalidades, de um ponto de vista mais evangélico, para tornar a igreja mais evangélica, e também uma renovação em chave missionária”.

D. António Marto espera que este livro “seja lido como um testemunho, de quem recebe um testemunho de um homem de fé”, e alerta ainda para “a indiferença” da sociedade atual “dominada pela agressividade, pela competitividade, pela violência”.

Ouça e compartilhe!

 

16 julho 2018, 12:28