Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco, quando ainda arcebispo de Buenos Aires em meio aos fiéis de sua arquidiocese Papa Francisco, quando ainda arcebispo de Buenos Aires em meio aos fiéis de sua arquidiocese 

Com testemunho de Francisco, fiéis cobram mais de seus pastores

Com seu despojamento, o Papa Francisco tornou-se um termômetro para todos nós e para os leigos, que de certa forma às vezes chegam a cobrar isso de seus pastores. “Interessante como que o povo faz esse paralelo”, observa o bispo da diocese mineira de Almenara, Dom José Carlos Brandão Cabral.

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, nesta edição do quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” damos continuidade à precedente, na qual nosso convidado destes dias, o bispo da Diocese de Almenara – MG, Dom José Carlos Brandão Cabral, voltou seu olhar para o aspecto pastoral – feito de acolhimento e proximidade –, a partir do Papa Francisco.

Há uma maior cobrança por parte dos fiéis

Entre outras coisas, Dom Cabral disse perceber o seguinte: “nossos bispos do Brasil, a partir do Papa Francisco, têm se despojado, têm se tornado homens simples, nos trajes, no modo de ser”.

Ao afirmar que o Papa se apresenta como um grande profeta da atualidade, o bispo de Almenara disse que Francisco “dá testemunho de um pastoreio simples, a exemplo do próprio Cristo que é o Sumo Sacerdote, o Sumo Pastor”.

Pois bem, nessa mesma linha na edição de hoje nosso convidado diz que o Santo Padre evangeliza através de frases curtas, que são depois lançadas nas redes e que os leigos estão passando isso para frente; cita também as pregações de Francisco na missa diária na Capela da Casa Santa Marta como momento frutuoso de evangelização.

 

Com seu despojamento, afirma o bispo de Almenara, o Papa Francisco tornou-se um termômetro para todos nós e para os leigos, que de certa forma às vezes chegam a cobrar isso de seus pastores. “Interessante como que o povo faz esse paralelo… o Papa Francisco não é assim…”, observam.

Nosso convidado tece tais considerações ao nos responder se, com o exemplo de despojamento, desprendimento e simplicidade dado pelo Papa Francisco,  há uma maior cobrança por parte dos fiéis em relação a seus pastores. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

11 junho 2018, 16:43