Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Cardeal Tagle no Cristo Redentor, Rio de Janeiro Cardeal Tagle no Cristo Redentor, Rio de Janeiro 

Cardeal Tagle: alimentar a esperança dos refugiados e migrantes

O Cardeal Tagle convoca a Igreja a liderar no olhar aos migrantes e refugiados além de estatísticas e categorias.

Cidade do Vaticano

Acolher, proteger, promover e integrar: com essas palavras do Papa Francisco teve início nesta terça-feira (12/06), em Brasília (DF), e vai até quinta-feira, 14, o Seminário Internacional de Migrações e Refúgio sobre o tema: “Caminhos para a cultura do encontro”.

Participam migrantes e refugiados que vivem no Brasil, o arcebispo de Manila, Filipinas,  cardeal Luis Antonio Tagle, presidente da Caritas Internacional, agentes Caritas, Igrejas Cristãs, denominações religiosas, agentes de pastoral, agências de cooperação e governos. Num total de 200 pessoas.

O Cardeal Tagle convoca a Igreja a liderar no olhar aos migrantes e refugiados além de estatísticas e categorias.

Cardeal Tagle sobre migração

O presidente da Cáritas Internacional ressalta que devemos alimentar a esperança dos refugiados e migrantes que partem em busca de vida melhor e lembra que todos temos em nosso DNA o sangue de migrantes, ao fazer memória de sua história familiar de migração.

Cardeal Tagle: temos sangue de migrantes em nosso DNA

Prudence Kalambay nascida na República Democrática do Congo Kinshasa, está refugiada no Brasil há 10 anos. Com bom humor mas não sem dor, conta por que escolheu o Brasil pra viver.

Prudence Kalambay refugiada congolesa

Prudence se angustia ao narrar a história e os motivos das migrações do povo congolês.

Eis o que disse o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Leonardo Steiner, a propósito dos migrantes.

Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB

O Seminário segue até quinta-feira, 14. São parceiros na promoção do encontro: Cáritas Brasileira, o Setor Pastoral da Mobilidade Humana (SMH) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR), o Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM), o Instituto de Migrações e Direitos Humanos (IMDH), o Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios (CSEM) e a Missão Paz.

Com informações de Osnilda Lima da Rede Caritas de Comunicação.

13 junho 2018, 14:39