Versão Beta

Cerca

Vatican News
Bispo de San Isidro e presidente da Conferência Episcopal Argentina, Dom Oscar Vicente Ojea, durante oração inter-religiosa em favor da vida, em 7 de junho Bispo de San Isidro e presidente da Conferência Episcopal Argentina, Dom Oscar Vicente Ojea, durante oração inter-religiosa em favor da vida, em 7 de junho  (AFP or licensors)

Episcopado argentino convoca encontro de oração pela vida

A Câmara dos Deputados aprovou em 14 de junho a lei sobre despenalização do aborto, que agora vai para o Senado.

Cidade do Vaticano

Um encontro de oração pela vida na Basílica da Virgem de Luján foi convocado pela Conferência Episcopal Argentina (CEA), enquanto se aguarda o anúncio da data de início do debate sobre a descriminalização do aborto no Senado. Será no domingo, 8 de julho, um dia antes do Dia da Independência Nacional, celebrado na Argentina em 9 de julho.

Será o presidente da Conferência Episcopal e bispo de San Isidro, Dom Oscar Vicente Ojea, a presidir a Missa.  Concelebrarão o arcebispo e bispo auxiliar de Mercedes, Dom Agustín Radrizzani, o bispo auxiliar de Luján, Dom Jorge Eduardo Scheining, e o bispo de Zarate -Campana e presidente da Comissão Episcopal para os Leigos e Família, Dom Pedro Laxague.

Durante a celebração "será pedido ao Senhor a graça de servir e cuidar de toda a vida, especialmente a do nascituro, e a renovação da esperança sobre o valor de cada vida." "A ti confiamos, Maria, a causa da vida", lê-se na conclusão da convocação dos bispos.

Enquanto isso, a decisão da vice-presidente argentina Gabriela Michetti - que se opõe à lei - de enviar a quatro comissões do Senado, e não duas, a disposição sobre a descriminalização do aborto aprovada em 14 de junho na Câmara dos Deputados, provocou uma grande controvérsia, porque é considerada como uma "manobra dilatória do debate parlamentar".

(Agência Sir)

25 junho 2018, 14:14