Versão Beta

Cerca

Vatican News
Arcebispo de Karachi, Dom Joseph Coutts Arcebispo de Karachi, Dom Joseph Coutts 

Futuro Card. Coutts: grande alegria para minoria cristã no Paquistão

País asiático volta a ter um cardeal após 24 anos. “Os cristãos do Paquistão estão muito contentes, é uma notícia que trouxe muita alegria.” “Tem havido muito interesse também por parte da população em geral”, diz o arcebispo.

Cidade do Vaticano

“Foi uma surpresa total, não esperava absolutamente. Recebi a notícia de pessoas que me telefonaram e que tinham tomado conhecimento através dos meios de comunicação. É uma grande honra para mim e uma grande alegria para todos os cristãos do Paquistão.” Foi o que disse o arcebispo de Karachi, Dom Joseph Coutts, após ter recebido a notícia da nomeação cardinalícia para o próximo Consistório de 29 de junho – junto a outros 13 que receberão o barrete cardinalício –, como anunciou o Papa Francisco no Angelus de domingo passado.

Congratulação também por parte dos muçulmanos

País do centro-sul da Ásia volta a ter um cardeal após 24 anos

O Paquistão volta a ter um cardeal após 24 anos, ou seja, desde a morte do arcebispo de Karachi Joseph Cordeiro, nomeado por Paulo VI em 1973 e morto em 1994. “Os cristãos do Paquistão estão muito contentes, é uma notícia que trouxe muita alegria”, disse o futuro purpurado.

“Recebi telefonemas inclusive de amigos muçulmanos: disseram-me que é uma honra para o Paquistão. Os canais televisivos e os jornais locais falaram da nomeação e muitos jornalistas vieram entrevistar-me. Tem havido muito interesse também por parte da população em geral”, acrescentou.

Interesse pela nomeação por parte do governo de Islamabad

Nosso governo interessou-se porque mantém relações diplomáticas com a Santa Sé. Sabem o que é um cardeal. Recebi um telefonema também de um dos maiores partidos islâmicos”, cujos expoentes, na terça-feira (22/05) foram pessoalmente congratular-se com Dom Coutts.

O arcebispo de Karachi ressaltou que sua arquidiocese não tem um número suficiente de sacerdotes, “por isso – explicou –, temos que trabalhar duro. Também eu devo sempre dar uma mão nas paróquias, porque no domingo são celebradas muitas missas. A nomeação cardinalícia será para mim uma responsabilidade a mais porque terei muitos encontros oficiais, com certeza mudará meu estilo de vida”.

Futuro cardeal paquistanês nasceu na Índia

Nascido em 21 de julho de 1945 em Amristar, Diocese de Jullundur, na Índia, Dom Coutts encontra-se à frente da Arquidiocese de Karachi desde 2012. Foi ordenado sacerdote em 9 de janeiro de 1971 para o clero de Lahore (Paquistão). Eleito bispo coadjutor de Hyderabad (Paquistão) em 5 de maio de 1988, recebeu a ordenação episcopal em 16 de setembro do mesmo ano.

Assumiu o governo da Diocese de Hyderabad em 1º de setembro de 1990, sendo transferido para Faisalabad em 1998. Foi presidente da Conferência Episcopal do Paquistão entre 2011 e 2017. A comunidade cristã representa 1% dos mais de 209 milhões de habitantes, de maioria muçulmana.

(Agência Sir)

23 maio 2018, 13:13