Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Papa Francisco Papa Francisco 

Nomeação para a Eparquia Greco-Melquita - SP

O Santo Padre nomeou nesta quarta-feira, 23 de maio, como administrador apostólico para a Sede Vacante da Eparquia Greco-Melquita Nossa Senhora do Paraíso em São Paulo, S.E.R. Dom Sérgio de Deus Borges, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo.

Cidade do Vaticano

Dom Sérgio de Deus  cursou Filosofia de 1985 a 1987 com os Freis Capuchinhos em Ponta Grossa e os estudos Teologia no Instituto Teológico Paulo VI, em Londrina, de 1989 a 1993. De 1997 a 2000 fez o mestrado em Direito Canônico na Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma, e tem especialização em Direito do Matrimônio e da Família, pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz de Roma.

Foi ordenado presbítero no dia 6 de fevereiro de 1993, sendo incardinado na Diocese de Cornélio Procópio onde exerceu as seguintes funções: Pároco da Paróquia São Miguel e São Francisco; Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de 2001 a 2003; Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Jataizinho, de 2011 até a nomeação ao episcopado.Foi professor de Direito Canônico do Instituto Teológico Paulo VI, de Londrina, de 2001 a 2004 e Diretor do mesmo Instituto, em 2003 e 2004; foi diretor do Curso de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Campus de Londrina, de 2005 a 2007, e professor da mesma universidade, desde 2005. Foi professor e coordenador do Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico do Rio de Janeiro, em Londrina, desde 2005. Desde 2011 é presidente da Sociedade Brasileira de Canonistas.

Aos 27 de junho de 2012 foi nomeado pelo Papa Bento XVI como bispo titular de Gergi e auxiliar da Arquidiocese de São Paulo.

A Eparquia Greco-Melquita Nossa Senhora do Paraíso, ou Eparquia Nossa Senhora do Paraíso em São Paulo dos Greco-Melquitas (em latim Eparchia Dominae Nostrae Paradisis S. Pauli Graecorum Melkitarum) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Greco-Católica Melquita no Brasil, sendo uma das igrejas Sui Iuris em comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana. Esta Igreja utiliza o rito litúrgico bizantino e utiliza o grego e o árabe como línguas litúrgicas.
 

Eparquia
23 maio 2018, 09:40