Versão Beta

Cerca

Vatican News
Arcebispo de Feira de Santana falou-nos sobre a Pastoral Afro-Brasileira à margem da recente plenária da CNBB Arcebispo de Feira de Santana falou-nos sobre a Pastoral Afro-Brasileira à margem da recente Plenária da CNBB 

Dom Zanoni: a realidade da Pastoral Afro-Brasileira em nossas dioceses

Bispo referente da Pastoral Afro-Brasileira, no âmbito das pastorais sociais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o arcebispo de Feira de Santana - BA nos fala sobre a realidade desta pastoral em nossas dioceses.

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, o quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” traz na edição de hoje a participação do arcebispo de Feira de Santana – BA, Dom Zanoni Demettino Castro, bispo referente da Pastoral Afro-Brasileira, no âmbito das pastorais sociais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Um trabalho pastoral e um desafio grandes

Entrevistado pelo colega Silvonei José, Dom Zanoni nos fala sobre a realidade desta pastoral em nossas dioceses. Diz tratar-se de um trabalho e um desafio grandes diante de uma cultura de negação, que tende a silenciar, a esconder, a não reconhecer essa descendência, essa presença afro.

Nosso convidado fala de um despertar. “É um despertar, as coisas vão tendo uma nova esperança com essa referência segura que é o Papa Francisco.” “O modo de ser do povo afrodescendente é um valor que nós como Igreja temos que reconhecer”, acrescenta.

A tradição, a nossa caminhada, o nosso crescimento, a nossa vivência do Concílio Vaticano II, as Conferências Episcopais aqui da América Latina e do Caribe têm que ser resgatadas, afirma ainda, recordando que o próximo Encontro de Pastoral afro-americano vai se realizar este ano na Colômbia. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

04 maio 2018, 19:59