Versão Beta

Cerca

VaticanNews
São Paulo acolhe terceiro diálogo sobre “Ética e economia” São Paulo acolhe terceiro diálogo sobre “Ética e economia” 

Diálogo latino-americano sobre ética e economia com realidades ecumênicas

Os participantes debatem três questões centrais: que serão centrais na próxima Cúpula de Líderes do G20 que se realizará, em Buenos Aires, Argentina, de 30 de novembro a 1º de dezembro deste ano: desigualdades e justiça de gênero, direitos e sistemas de proteção social, e atividade de extração e desenvolvimento inclusivo.

Cidade do Vaticano

Representantes de várias confissões religiosas, teólogos, economistas, especialistas em desenvolvimento e diálogo ecumênico se reúnem, em São Paulo, Brasil, a partir desta quinta-feira (17/05), no terceiro diálogo sobre “Ética e economia”.

Segundo a Agência Sir, os participantes debatem três questões que serão centrais na próxima Cúpula de Líderes do G20 que se realizará, em Buenos Aires, Argentina, de 30 de novembro a 1º de dezembro deste ano: desigualdades e justiça de gênero, direitos e sistemas de proteção social, e atividade de extração e desenvolvimento inclusivo.

O encontro, em São Paulo, foi convocado pelo Secretariado para a América Latina e Caribe da Pastoral Social – Caritas (Selacc), pelo Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latino-americano (Dejusol-Celam), pelo Programa Internacional sobre Democracia, Sociedade e Novas Economias da Universidade de Buenos Aires (Pidesone), pelo Centro Regional Ecumênico (Creas) e pela Rede Ética Global (Globethics).

A conferência dá continuidade ao processo de reflexão iniciado nos dois precedentes diálogos sobre ética e economia.

“O objetivo desses encontros é contribuir na elaboração de um documento que irá integrar as sugestões e contribuições para promover um modelo de desenvolvimento humano integral, baseado em conhecimentos e experiências vividas pelas comunidades cristãs e organizações religiosas na América Latina e Caribe, que trabalham na concretização da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, ressalta uma nota sobre o evento.

O documento que será elaborado esses dias será depois apresentado na cúpula. O diálogo é articulado em quatro seminários e conta com a participação de várias realidades eclesiais e ecumênicas, comunidades protestantes e organizações da sociedade civil.

Estarão presentes a ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Teresa Campello, e o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) na Argentina, René Mauricio Valdés, além de especialistas e professores universitários.

O encontro se encerra nesta sexta-feira, 18.

17 maio 2018, 15:16