Versão Beta

Cerca

Vatican News
COLOMBIA-ELECTION-POVERTY Crianças em uma favela de Bogotá  (AFP or licensors)

Bispos da Colômbia: voto para tutelar a vida e a família

Com a aproximação da data das próximas eleições presidenciais na Colômbia (27/05), os Bispos da Conferência Episcopal convidam os candidatos a respeitarem o bem-comum, a vida e a família.

Cidade do Vaticano

Os guerrilheiros do Exército da Libertação Nacional anunciaram uma trégua por ocasião do primeiro turno das eleições presidenciais de 27 de maio próximo para que a população possa votar com tranquilidade. A notícia foi recebida com satisfação pelos bispos do país. Em particular, o secretário da Conferência Episcopal da Colômbia, D. Elkin Fernando Alvarez Botero, declarou que no país há um clima de grande expectativa.

Os bispos convidam a votar e condenam a corrupção

A Igreja convidou à unidade e à participação ao voto, pois nas eleições precedentes, o índice de abstenção foi muito alto. Os bispos pedem aos candidatos para que pensem no bem-comum e nos pobres, também condenam a corrupção, pedindo-lhes honestidade. Segundo os princípios da Igreja Católica, os bispos  pedem a defesa da vida desde a concepção até a morte natural, defesa da educação, do matrimônio e da família.

A Igreja acompanha o processo de paz governo-guerrilha

Sobre as negociações entre o governo e a guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN), que foram retomadas em Cuba, D. Botero disse que a Igreja acompanha esse processo de paz, para conseguir os acordos necessários para a reconciliação nacional. Sobre o processo de paz com as FARC, o bispo afirmou que embora ainda encontrem obstáculos, os progressos são lentos, mas seguem em frente e é preciso tempo e paciência.

 

17 maio 2018, 14:12