Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Madre Clara Fey será beatificada no sábado, 5 de maio Madre Clara Fey será beatificada no sábado, 5 de maio 

Madre Clara Fey: “Acolher, ajudar e educar as crianças necessitadas”

Fundou uma Congregação de Irmãs, hoje presente na Ásia, Europa e América do Sul, com a finalidade de levar as crianças e os pequeninos a Jesus.

Cidade do Vaticano

O Cardeal Angelo Amato, Prefeito das Causas dos Santos, preside, em nome do Santo Padre, neste sábado (05/5), em Aachen, Alemanha, à Beatificação de Madre Clara Fey, fundadora da Congregação das Irmãs do Pobre Menino Jesus.

Clara nasceu na cidade alemã de Aachen, em 11 de abril de 1815, em uma família rica da alta sociedade. Porém, desde pequena, sentiu em seu coração a necessidade e o desejo de ajudar os pobres. Por isso, fundou uma Congregação de Irmãs, - hoje presente na Ásia, Europa e América do Sul - com a finalidade de levar as crianças e os pequeninos a Jesus.

Com efeito, no início, a Congregação passou por um período de grandes problemas sociais em sua cidade natal, devido à crescente industrialização: muitos pais da classe baixa trabalhavam nas fábricas e deixavam seus filhos em grande indigência.

Ainda na casa paterna, Clara percebeu e se comoveu com a miséria das crianças, que viviam nas ruas, circundadas de vícios, sem nenhuma assistência e educação. Então, conversou com seu irmão, Andrew, e com alguns amigos sacerdotes sobre a necessidade de salvar os menores da miséria urbana. Assim nasceu o novo Instituto das Irmãs do Pobre Menino Jesus”.

Com um grupo de amigos, Clara começou com uma pequena escola, onde as crianças aprendiam rezar, ler, escrever e fazer trabalhos manuais. Esta escola tornou-se, depois, um lar para crianças pobres.

A Congregação nasceu em 2 de fevereiro de 1844, com o intuito de educar e ajudar as crianças e jovens mais necessitados.

Madre Clara Fey faleceu no dia 8 de maio de 1894, aos 79 anos, em Simpelved, Holanda.

04 maio 2018, 13:53