Versão Beta

Cerca

Vatican News
Presidente da Conferência Episcopal Espanhola, cardeal Ricardo Blázquez Péres Presidente da Conferência Episcopal Espanhola, cardeal Ricardo Blázquez Péres 

Cardeal Blázquez: gratidão ao Papa pela "Gaudete et Exsultate"

“Façamos ressoar” a mensagem essencial do Evangelho que “o Papa nos convida a recordar a nosso povo, numa autêntica pastoral da santidade”, disse o presidente dos bispos no discurso de abertura da Assembleia plenária.

Cidade do Vaticano

O arcebispo de Valladolid e presidente da Conferência Episcopal Espanhola (CEE), cardeal Ricardo Blázquez Pérez, abriu esta segunda-feira em Madri, os trabalhos da Assembleia plenária, reunida até esta sexta-feira, 20 de abril.

Uma autêntica pastoral da santidade

Nas primeiras palavras de seu discurso o purpurado expressou gratidão ao Papa Francisco pela Exortação apostólica “Gaudete et exsultate” (Alegrai-vos e Exultai): “Façamos ressoar” a mensagem essencial do Evangelho que “o Papa nos convida a recordar a nosso povo, numa autêntica pastoral da santidade”.

Sínodo sobre os jovens

Na agenda da Assembleia plenária, o Sínodo sobre os jovens de outubro próximo e o fruto do trabalho de uma Comissão de bispos encarregada, dois anos atrás, de pensar uma revisão das estruturas e dos serviços da Conferência episcopal.

Mesmo porque, explicou o card. Blázquez, “a reforma da Cúria Romana influenciará a organização da nossa Conferência e, por sua vez, das nossas dioceses”. Além disso, foi o Papa que “desde o início de seu ministério” indicou a oportunidade de “tornar mais explícito o estatuto das Conferências episcopais”.

Horizonte de renovação

O tema do estatuto teológico foi justamente abordado no último C9 (Conselho de cardeais criado pelo Papa Francisco para a reforma da Cúria Romana), recordou o purpurado, e, por conseguinte, neste “horizonte de renovação” também os bispos espanhóis “caminharão de modo sinodal”.

Encontram-se na agenda dos trabalhos também o “estado atual do Apostolado secular”, uma análise sobre a pastoral vocacional e sobre a situação dos seminários, das universidade e das faculdades eclesiásticas à luz dos recentes documentos pontifícios.

(Agência Sir)

17 abril 2018, 13:20