Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Procissão na Igreja do Santo Sepulcro Procissão na Igreja do Santo Sepulcro  (AFP or licensors)

A mensagem de Páscoa dos líderes religiosos das Igrejas de Jerusalém

Na mensagem de Páscoa, os líderes das Igrejas cristãs de Jerusalém rezam por todos os que sofrem na Terra Santa e em todas as partes do mundo

Cidade do Vaticano

“Pelas pessoas que trilham um caminho de Cruz, por aqueles que sofrem em nossa região e em todo o mundo, e também por todos aqueles que sofrem no silêncio; pelos refugiados, os que solicitam asilo e os deslocados, por aqueles que vivem sob a opressão, por quem passa por necessidades e por privações, por todas as vítimas de violência e discriminações e por todos aqueles que lutam pela justiça e a reconciliação”.

Estas são as intenções de oração dos patriarcas e líderes cristãos de Jerusalém contidas na mensagem de felicitações de Páscoa. Assinam,  entre outros, o administrador apostólico do patriarcado latino, Dom Pierbattista Pizzaballa e o Custódio da Terra Santa, padre Francesco Patton.

Jerusalém, cidade de esperança

 

De Jerusalém, “o lugar em que Cristo ressurgiu dos mortos, oferecemos as nossas bênçãos aos fiéis que celebram a festa da Ressurreição neste tempo abençoado”, lê-se na mensagem.

“Este – escrevem os líderes das Igrejas -  é o momento em que a família cristã no mundo recorda a obra salvífica de Deus na vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo. Jerusalém, a cidade da esperança e da ressurreição, permanece um símbolo sagrado da salvação de Deus e um reflexo da Jerusalém celeste que está por vir”.

Farol para a vida das pessoas

 

“Na realidade – prossegue a mensagem – este caráter sagrado, comunitário e espiritual de Jerusalém, continua a ser um farol para a esperança, a paz e a vida das pessoas desta região e do mundo inteiro”.

“Rezemos para que nós, aqui na Terra Santa, possamos continuar sem obstáculos a cumprir o nosso dever sagrado como manifestação do Evangelho vivo para servir os pobres, buscar a justiça e caminhar na luz e no amor de Cristo ressuscitado”.

31 março 2018, 10:10