Cerca

Vatican News
Foto de arquivo. Dom Girelli na Basílica do Santo Sepulcro, Jerusalém Foto de arquivo. Dom Girelli na Basílica do Santo Sepulcro, Jerusalém  (AFP or licensors)

Terra Santa. Núncio leva à Faixa Gaza o conforto do Papa Francisco

Dom Leopoldo Girelli dialogou "com a pequena comunidade, partilhando seus sofrimentos e fadigas: desde a interrupção da corrente elétrica ao desemprego e emigração forçada; levando a todos o conforto do Papa Francisco”.

Cidade do Vaticano

Terra Santa. Uma visita para levar o “conforto do Papa Francisco”. Assim foi, na semana passada, a visita de três dias do arcebispo Leopoldo Girelli à comunidade cristã de Gaza. Tratou-se da primeira realizada pelo prelado desde sua nomeação a delegado apostólico em Jerusalém e Palestina e núncio apostólico em Israel e Chipre.

Visita à Paróquia latina da Sagrada Família

Dom Girelli foi acolhido na barreira de controle militar (check point) de Beit Hanoun pelo paróco, Pe. Mario Silva, com seus colaboradores. A etapa principal da visita foi a Paróquia latina da Sagrada Família, da qual fazem parte cerca de 140 católicos, onde o arcebispo celebrou a santa missa.

Na homilia, três figuras bíblicas: Pedro, Tiago e João

Na homilia da celebração – segundo refere o Centro de mídia cristã –, o delegado apostólico destacou três figuras bíblicas, “representação das três dimensões principais da Igreja”: Pedro, o primeiro Papa, simboliza a unidade; Tiago, o primeiro bispo de Jerusalém, testemunha o martírio; e João, o discípulo amado, narra a divindade de Jesus.

Diálogo com a pequena comunidade católica local

Após a missa, Dom Girelli “teve a possibilidade de dialogar com a pequena comunidade, partilhando seus sofrimentos e fadigas: desde a interrupção da corrente elétrica ao desemprego e emigração forçada; levando a todos o conforto do Papa Francisco”.

(Agência Sir)

05 março 2018, 19:22