Cerca

Vatican News
Bispos latinos de das regiões árabes agradeceram o grande encorajamento vindo do Papa Francisco, que acompanha com atenção o desenrolar dos acontecimentos no Oriente Médio Bispos latinos das regiões árabes agradeceram o grande encorajamento vindo do Papa Francisco, que acompanha com atenção o desenrolar dos acontecimentos no Oriente Médio  (ANSA)

O encorajamento do Papa Francisco aos bispos latinos das regiões árabes

Os bispos de rito latino das regiões árabes manifestaram satisfação pela visita 'ad limina' ao Vaticano, pela beatificação da religiosa italiana Sgorbati, martirizada em Mogadiscio, e sobretudo pelas palavras de encorajamento do Papa Francisco.

Cidade do Vaticano

A audiência com o Papa Francisco e a peregrinação às Basílicas de São Pedro, Santa Maria Maior e São Paulo fora-dos-muros – “onde rezamos pelo fortalecimento da fé de nossos fiéis que vivem em situações difíceis, especialmente na Síria, Iraque, Palestina, Somália e Iêmen” – estiveram entre os momentos mais importantes da Assembleia realizada em Roma de 5 a 10 de março, dos bispos latinos das Regiões Árabes (Celra), que coincidiu com a visita “ad limina”.

Encorajamento do Papa

 

Os prelados provenientes do Egito, Síria, Iraque, Líbano, Jordânia, Palestina, Chipre, Djibuti, Somália e Península Árabe, sublinharam no comunicado final “o grande encorajamento vindo da grande atenção com que o Papa Francisco acompanha o desenrolar dos acontecimentos no Oriente Médio, da sua oração e do incansável trabalho que realiza pela paz e a justiça e pelo diálogo ecumênico e inter-religioso”.

Acordo Santa Sé – Israel

 

“A mesma proximidade”, lê-se no comunicado, foi sentida durante a visita à Secretaria de Estado.

“Durante o encontro com o cardeal Parolin, fomos informados sobre o estado dos acordos entre Santa Sé e Israel, negociações realizadas no arco de 24 anos, mas não ainda assinadas. O atraso na assinatura deve-se, em parte, também à última crise entre o Município e as Igrejas de Jerusalém, por causa dos impostos”.

Visita aos dicastérios

 

Durante sua permanência em Roma, os bispos da Celra também encontraram os prefeitos e secretários dos dicastérios para as Igrejas Orientais, para a Evangelização dos Povos, para os Leigos, a Família e a Vida, o Desenvolvimento Humano Integral, o Culto Divino, a Doutrina da Fé, o Clero, a Educação Católica e a Signatura Apostólica.

Também foram visitados os Pontifícios Conselhos para o Diálogo Inter-religioso, a Promoção da Unidade dos Cristãos, o dos Textos Legislativos e o Secretário para as Relações com os Estados,  arcebispo Paul Richard Gallagher.

Preparativos ao Sínodo sobre os jovens

 

“Todos estes encontros, durante os quais falamos de nossos desafios e fizemos questionamentos, foram ocasião para um verdadeiro diálogo ‘na verdade e na caridade’ entre a Igreja Universal e as nossas Igrejas particulares”, afirmam os prelados.

Parte dos trabalhos dos bispos latinos foi dedicada à Assembleia Geral ordinária do Sínodo dos Bispos sobre o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, que terá lugar em Roma em outubro próximo.

Depois de terem discutido o documento preparatório, os prelados escolheram o bispo delegado e os dois jovens que representarão as dioceses na reunião pré-sinodal, de 19 a 24 de março, em Roma.

Memória dos mártires

 

Os bispos receberam com satisfação a notícia sobre a beatificação, em 26 de maio em Piacenza, da Irmã Leonella Sgorbatti, missionária da Consolata, martirizada em Mogadíscio no ano de 2006.

“Pensando na vida desta irmã e aos milhares de mártires da fé – disseram – recordamos de que o seu sangue é fonte de encorajamento e de esperança em nosso compromisso em favor dos pobres. Saudamos com respeito e afeto as Congregações religiosas, os sacerdotes e os fiéis que trabalham em situações dramáticas, pensando em particular nas Missionárias da Caridade, que continuam o seu serviço no Iêmen”.

A próxima assembleia da Celra terá lugar no Cairo, em fevereiro de 2019.

12 março 2018, 16:56