Versão Beta

Cerca

Vatican News
Na quinta-feira (08/03), participantes serão recebidos no Vaticano pelo Papa Francisco Na quinta-feira (08/03), participantes serão recebidos no Vaticano pelo Papa Francisco 

Migrantes e refugiados: novos desafios e respostas da Igreja

Encontro será aberto esta terça-feira (06/03) em Roma pelo secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin, e pelo prefeito do Dicastério para o serviço do desenvolvimento humano integral, cardeal Peter Turkson.

Cidade do Vaticano

A resposta da Igreja católica às necessidades dos migrantes e dos refugiados estará no centro do encontro da Comissão internacional católica para migração, que se realizará em Roma de 6 a 8 de março (desta terça até a próxima quinta-feira).

Adotar um quadro estratégico para 2019-2022

Presente em 50 países no mundo inteiro

Fundada em 1951, a Comissão é um organismo internacional que reúne os representantes das Conferências episcopais e das agências católicas que se ocupam de migrantes e refugiados e está presente em 50 países no mundo inteiro. Os participantes serão recebidos pelo Papa Francisco na próxima quinta-feira, 8 de março, às 10h locais.

O encontro será aberto esta terça-feira pelo secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin, e pelo prefeito do Dicastério para o serviço do desenvolvimento humano integral, cardeal Peter Turkson.

“O encontro realiza-se a cada 4 anos e terá um impacto significativo sobre como as organizações católicas do mundo inteiro respondem às necessidades de migrantes e refugiados.”

O encontro deste ano propõe-se a adotar um quadro estratégico para 2019-2022, “buscando ser dinâmicos e capazes de responder às necessidades de refugiados e migrantes, radicado na doutrina da Igreja católica e na forte liderança do Papa Francisco, que nos convida a proteger, promover e integrar refugiados e migrantes”, explica o secretário geral do organismo internacional, Mons. Robert J. Vitillo.

Ocasião de diálogo e de partilha

Também se discutirá acerca de dois pactos globais da Onu sobre migrantes e refugiados a serem adotados ainda este ano. O encontro será ocasião de diálogo, partilha de boas práticas, de preocupações e desafios.

(Agência Sir)

05 março 2018, 18:30