Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco Papa Francisco  (Vatican Media)

Papa Francisco pede coerência entre fé professada e fé vivida

Frei Reginaldo continua sua reflexão sobre esse pastoreio feito de acolhimento e proximidade à luz do exemplo que nos dá o próprio Papa. Francisco pede que não haja dicotomia entre fé professada e fé vivida, afirma o religioso.

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, o quadro semanal “O Brasil na Missão Continental” continua estes dias com a participação do Secretário Geral da Ordem da Bem-Aventurada Virgem Maria das Mercês, Pe. Frei Reginaldo Roberto Luiz. Além de postulador geral das Causas de Beatificação e Canonização da Ordem dos Padres Mercedários, Frei Reginaldo é também responsável pelo Secretariado de Pastoral de seu Instituto religioso.

Igreja que vive da Palavra de Deus

Na edição passada nosso convidado ateve-se ao modelo de pastoreio proposto pelo Papa Francisco, modelo este fruto da experiência pastoral do então cardeal-arcebispo de Buenos Aires que, ao ser eleito Bispo de Roma, trouxe para a Cátedra de Pedro aquela “acolhida” e “proximidade” características da Igreja na América Latina.

Referindo-se a gestos e iniciativas do Papa Francisco, o religioso mercedário observou que aquilo que pode soar como novidade num contexto europeu, para nós da América Latina é uma realidade comum dos nossos pastores, evidenciando essa abordagem pastoral de acolhida e proximidade – como nos tem pedido o Santo Padre.

Na edição de hoje Frei Reginaldo continua sua reflexão sobre esse pastoreio feito de acolhimento e proximidade à luz do exemplo que nos dá o próprio Papa. Francisco pede que não haja dicotomia entre fé professada e fé vivida, afirma o religioso mercedário apontando em Mateus 25 – “Tive fome e me destes de comer. Tive sede e me destes de beber. Era forasteiro e me recolhestes. Estive nu e me vestistes, doente e me visitastes, preso e viestes me ver” – essa página do Evangelho que na realidade do Papa Bergoglio deve ser encarnada, traduzida e selada pelos pastores qual modelo de verdadeiro pastoreio a ser buscado pelos bispos e pelos padres.

Ele quer uma Igreja que fale, que vive da Palavra de Deus, da Eucaristia, mas que concretamente realize esse pastoreio, enfatiza nosso convidado. Vamos ouvir (ouça clicando acima).

27 março 2018, 17:10