Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Minas antipessoais espalhadas no território colombiano ainda causam vítimas Minas antipessoais espalhadas no território colombiano ainda causam vítimas 

Colômbia: Igreja ajuda mais de 58 mil pessoas atingidas por minas

A Secretaria Nacional da Pastoral Social (SNPS), em parceria com a Campanha Colombiana Contra Minas, beneficiou desde julho de 2016 11.799 pessoas direta e indiretamente mais de 47.196, ou seja, 58.995.

Cidade do Vaticano

A Secretaria Nacional da Pastoral Social (SNPS) em parceria com a Campanha Colombiana Contra Minas - desde julho de 2016, no âmbito do projeto de ação integral contra minas antipessoal, a partir de uma abordagem comunitária nos departamentos de Caquetá e Nariño - beneficiou 11.799 pessoas direta e indiretamente mais de 47.196, ou seja, 58.995.

"Este é um projeto que está inserido nas diretrizes da Política de Ação Integral contra as Minas Antipessoal e implementado há 10 anos com o apoio da Cáritas Alemanha. Consiste em reduzir o risco de acidentes nas comunidades afetadas, além de acompanhar em diferentes linhas (ajudas complementares, psicossocial e jurídica) aos sobreviventes e familiares, complementando a atenção do Estado nos Departamentos de Nariño e Caquetá”, afirmou Juliana Fonseca, especialista do projetos.

O projeto abrange 60 comunidades em 12 municípios de Nariño (Policarpa, Tumaco, Barbacoas, Santacruz, Los Andes, Cumbitara, La Llanada, Samaniego) e Caquetá (La Montañita, San Jose del Fragua, o mutum, San Vicente del Caguán, Puerto Rico).

Os beneficiários

 

Entre os beneficiários estão 123 multiplicadores treinados que realizam exercícios de replicação em suas comunidades; 9.749 pessoas foram treinadas pelos multiplicadores em 641 exercícios de replicação; 759 pessoas foram treinadas em Educação em Risco de Minas (ERM), em situações de emergência em áreas onde tenha ocorrido recentemente algum incidente; 605 pessoas foram treinadas como o primeiro socorrista; 563 sobreviventes e parentes receberam assistência integral, beneficiando-se de uma ou mais linhas de atenção (172 pessoas receberam ajuda humanitária, 78 pessoas receberam ajuda na reabilitação, 470 sobreviventes e as familiares foram beneficiados por acompanhamento psicossocial e  259 por acompanhamento jurídico).

Parcerias

 

Este projeto conta com parceiros implementadores nos territórios, tais como: Secretaria Diocesana da Pastoral Social de Pasto, Tumaco e Florença, o Serviço de Pastoral Social Vicaria San Juan Bautista - Diocese de Ipiales, Fundação do Vicariato Apostólico de San Vicente - Puerto Leguizamo para a Pastoral social.

(Com informações de Caritas Colômbia)

27 março 2018, 14:59