Versão Beta

Cerca

Vatican News
"40 dias com Francisco’" iniciativa da Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP) – Portugal "40 dias com Francisco’" iniciativa da Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP) – Portugal   (AFP or licensors)

Portugal. Rede de Oração do Papa propõe nesta Quaresma ‘40 dias com Francisco’

A Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP) – Portugal começa nesta Quarta-Feira de Cinzas um caminho de “40 dias com o Papa Francisco” para preparar a Páscoa. A RMOP em Portugal propõe um percurso diário para a Quaresma e Semana Santa.

Rui Saraiva – Porto

A Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP) em Portugal dá início nesta Quarta-Feira de Cinzas a um percurso quaresmal com uma oração diária. Este momento de oração é composto por leituras bíblicas e também breves meditações do Papa.

40 dias com o Papa Francisco” é o nome da iniciativa que começa nesta quarta-feira dia 14 de fevereiro e terá a sua conclusão no dia 1 de abril, domingo de Páscoa. Esta proposta de oração é uma “ajuda para viver com mais intensidade e fervor este tempo litúrgico” – pode-se ler no site desta rede de oração.

Esta campanha está disponível no site da Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal: (www.redemundialdeoracaodopapa.pt) e na página de Facebook: (https://www.facebook.com/rmop.pt/). A oração quaresmal diária também poderá ser recebida por email sendo necessária uma pré-inscrição disponível no site.

Recordemos que o Papa na sua Mensagem para esta Quaresma apela para que não deixemos que o nosso amor se torne frio e corra o risco “de se apagar em nós”. Por isso, o Santo Padre chama-nos a agir através da oração da esmola e do jejum. Convida-nos a procurarmos “consolação em Deus” rezando para sermos capazes de “descobrir as mentiras secretas” que nos enganam.

Francisco na sua Mensagem alerta-nos para os “falsos profetas” apelando a que cada um de nós seja capaz de “discernir” se está ameaçado pelas mentiras desses “falsos profetas”. Porque “é preciso aprender a não se deter no nível imediato, superficial, mas reconhecer o que deixa dentro de nós um rasto bom e mais duradouro, porque vem de Deus e visa verdadeiramente o nosso bem” – afirma o Papa.

Francisco assinala ainda na sua Mensagem que na noite de Páscoa um «lume novo» aceso no “círio pascal” “expulsará a escuridão e nos iluminará. É a “luz de Cristo, gloriosamente ressuscitado” que dissipa “as trevas” inflamando o nosso coração de fé, esperança e amor” – declara o Santo Padre.

No primeiro dia desta Quaresma de 2018, Quarta-Feira de Cinzas, a iniciativa “40 dias com o Papa Francisco” recorda-nos esta frase do Santo Padre: “O gesto das cinzas lembra-nos a nossa condição original: fomos tirados da terra, somos feitos de pó”.

40 dias com o Papa Francisco

 

 

 

 

 

 

14 fevereiro 2018, 10:10