Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Nos EAU, brasileiros se concentram na cidade de Dubai Nos EAU, brasileiros se concentram na cidade de Dubai  (AFP or licensors)

Expatriados brasileiros exercem a solidariedade nas Arábias

Ouça e leia a crônica do missionário scalabriniano Olmes Milani, diretamente dos Emirados Árabes Unidos

Padre Olmes Milani - Dubai 

Toda  pessoa que se estabeleça em outro país tem a humildade de aprender como se integrar na sociedade, cultura e sistema da terra de chegada.  Criar vínculos com quem chegou  e elos de comunicação é uma forma de solidariedade e um meio para exercer a cidadania.

 Vamos ouvir , a sra. Acelina Mar, presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros nos Emirados Árabes Unidos sobre esses assuntos...

Conselho de Cidadãos Brasileiros nos Emirados Árabes Unidos

Viver fora do nosso país é um desafio constante, uma expectativa permanente. Por isso, temos que criar mecanismos capazes de minimizar as dificuldades que surgem quando nos deparamos com uma nova cultura e tudo que vem junto: costumes, comportamentos, leis, etc.

A comunidade brasileira nos Emirados pode contar com um Conselho, chamado de Conselho de Cidadãos Brasileiros nos Emirados Árabes Unidos, que surgiu por iniciativa do Ministérios das Relações Exteriores, através da Embaixada do Brasil nos Emirados, em razão do crescimento da população de brasileiros no país e a crescente demanda desta comunidade.

E o que vem a ser um Conselho de Cidadãos? Poderia descrever como um foro informal e apolítico de aconselhamento, que tem como finalidade criar uma ponte entre a comunidade brasileira local e as representações oficiais brasileiras.

Atualmente, são mais de 50 Conselhos espalhados pelo mundo.

Em relação ao Conselho dos Emirados, a sua sede é em Dubai, com área de atuação nos sete (7) Emirados.

A composição atual conta com 12 voluntários, todos brasileiros, maiores de 18 anos, residentes há mais de um ano no país e com diferentes perfis. A participação dos membros do Conselho é de natureza voluntária, a título de prestação de serviços à comunidade brasileira local e sem qualquer vínculo formal com a Administração Pública brasileira.

A atuação do CCBEAU é voltada à realização dos objetivos principais, tais como: aproximar os brasileiros que vivem no país e a rede consular, estabelecendo a interlocução Governo-Sociedade Civil e planejar/implementar projetos em benefícios da comunidade brasileira local.

Então, compete ao Conselho estreitar os laços com a comunidade, colaborar/apoiar/promover atividades culturais, educacionais e informativas (sem  finalidade lucrativa), identificar as necessidades, interesses e problemas da comunidade brasileira e, ainda, informá-la sobre assuntos relevantes do seu interesse, o que compreende informações importantes ou que tenham impacto na vida do cidadão brasileiro que aqui reside, sejam aquelas vindas do Brasil ou dos Emirados.

Desde a sua criação o Conselho tem realizado várias ações e em algumas situações a ajuda ao cidadão brasileiro (residente ou turista/não residente) acontece em casos onde o setor consular não pode mais atuar, pois significaria extrapolar os limites de atuação.

Temos auxiliado e apoiado brasileiros/famílias em situações diversas, simples, complexas, graves, como: óbito, repatriação de corpo, casos de doenças/internação (na maioria das vezes envolvendo não residentes), prisão/detenção, esclarecimentos de dúvidas sobre assuntos variados e tantas outras situações do cotidiano.

A título de exemplo, nestes casos mais graves prestamos apoio às famílias, com informações úteis, auxílio na resolução de questões burocráticas perante órgãos/autoridades locais e setor consular, visitação em hospitais, idas a postos policiais, enfim, procuramos acompanhar o caso e dar assistência até a sua resolução, sempre informando o setor consular da Embaixada.

Além destas atividades, também é objetivo do Conselho promover a participação do cidadão brasileiro no exercício de sua cidadania e fomentar o debate sobre os seus direitos e deveres. Para isso, temos promovido encontros (bate-papo) com a comunidade, com a participação de representantes da Embaixada do Brasil.

Por fim, o que se espera é que a comunidade brasileira, que é a destinatária das ações do Conselho, se envolva e participe cada vez mais, para que juntos possamos ver nossas demandas atendidas. Daí porque é fundamental a união em torno de um propósito comum, já que fazemos parte de uma comunidade generosa e solidária, sempre pronta a ajudar.

Para quem deseja saber mais sobre o Conselho, visite a nossa página no facebook, basta procurar por “Conselho de Cidadãos Brasileiros nos Emirados Árabes Unidos”. Muito obrigada!”

Parabéns a você, Acelina, e  aos membros do Conselho de Cidadãos Brasileiros nos Emirados Unidos pelo bom trabalho humano e solidário. “A solidariedade e a caridade são práticas do amor real.”(Mônicka Christi).

Ouça a crônica do Padre Olmes Milani
17 fevereiro 2018, 11:51