Versão Beta

Cerca

Vatican News
Missionária brasileira relata drama na Síria Missionária brasileira relata drama na Síria  (AFP or licensors)

Brasileira em Aleppo: as pessoas estão cansadas da violência

Em entrevista ao Vatican News, Ir. Laudis comenta as palavras do Papa Francisco no Angelus e pede que católicos não se esqueçam da Síria

Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

No Angelus de domingo (25/02), o Papa Francisco fez mais um apelo pela paz na Síria, com estas palavras:

“Nestes dias meu pensamento tem se voltado reiteradas vezes para a amada e martirizada Síria, onde a guerra se intensificou, especialmente no Ghouta oriental. Este mês de fevereiro foi um dos mais violentos em sete anos de conflito: centenas, milhares de vítimas civis, crianças, mulheres, anciãos; hospitais foram atingidos, o povo não pode prover alimentos... Irmãos e irmãs, tudo isso é desumano. Não se pode combater o mal com outro mal. E a guerra é um mal. Portanto, dirijo meu veemente apelo a fim de que cesse imediatamente a violência, seja dado acesso às ajudas humanitárias – alimento e medicamentos – e os feridos e os doentes sejam retirados. Peçamos juntos a Deus para que isso se dê imediatamente.”

Depois deste apelo, o Vatican News contatou a Ir. Laudis, missionária da família religiosa do Verbo Encarnado.

A brasileira presta sua missão na Síria, na cidade de Aleppo, desde setembro de 2016. Ir. Laudis relata o momento de “tristeza” - como ela define – que a Síria está vivendo, agradece o apelo do Papa Francisco e pede que todos os católicos se unam em oração:

"Nós como missionárias da família religiosa do Verbo Encarnado aqui em Aleppo, na Síria, agradecemos enormemente este compromisso do Papa em que reiteradas vezes ele pediu e rezou pedindo pela paz aqui na Síria. Pedindo para que lembrem da Síria e o apelo que ele faz para que realmente se possa chegar a um acordo e que seja definitiva esta paz.

Infelizmente são muito tristes os acontecimentos desses últimos meses. Nós que nos encontramos em Aleppo, aqui ao nosso lado aqui nós ouvimos ainda explosões, bombardeios durante a noite, algumas vezes forte, outras vezes não. A situação é realmente bastante triste, muitos civis mortos. É muito triste saber que isso está acontecendo diante de todos os poderes internacionais e infelizmente não existe ninguém, nenhuma força, nenhum país que possa pôr fim a essa violência.

Por isso, é realmente muito importante nos unir ao apelo do Papa para que a guerra termine de uma vez. É algo que realmente devemos pedir diante de Deus e é necessária a ajuda de todos os cristãos, de todos os católicos no mundo, pedindo realmente para que a paz se faça concreta aqui na Síria. As pessoas estão cansadas de toda esta violência e querem viver em paz. Por isso, é um pedido que a gente se une ao Papa como missionárias, pedindo também a todos os que estão ouvindo este nosso apelo que por favor não se esqueçam da Síria em suas orações."

Ouça o testemunho da Ir. Laudis
26 fevereiro 2018, 10:08