Cerca

Vatican News
Protestos em Barcelona pela detenção de ex-membros do governo catalão Protestos em Barcelona pela detenção de ex-membros do governo catalão  (ANSA)

Em nota, bispos da Catalunha pedem coesão social

“Não se pode ignorar o problema político primário, que requer uma solução justa e aceitável para todos, por meio de um grande diálogo na verdade, com generosidade e na busca do bem comum” – escrevem.

Cidade do Vaticano

“Neste tempo de Quaresma em que somos convidados à conversão pessoal e comunitária, não podemos ignorar os acontecimentos políticos e sociais que se verificaram nos últimos meses na Catalunha”.

É o início de uma nota publicada sexta-feira (16/02) pelos dez bispos de dioceses da região catalã, reunidos em assembleia em Tiana. Na carta, os bispos convidam o povo a se esforçar para reconstruir a confiança mútua na sociedade, com suas pluralidades culturais, políticas e religiosas. “A coesão social, a harmonia, a proximidade com os outros e o respeito dos direitos de todos os que vivem na Catalunha devem ser prioritários neste momento”.

“ Não se pode ignorar nem subestimar que existe um problema político primário, para o qual é preciso encontrar uma solução justa e aceitável para todos, por meio de um grande diálogo na verdade, com generosidade e na busca do bem comum de todos ”

Os bispos encorajam os parlamentares catalães eleitos em 21 de dezembro passado a “promover mecanismos democráticos para formar um novo governo que aja com responsabilidade e trabalhe para superar as consequências da crise institucional, econômica e social em que vivemos”.

Os dez bispos se dizem também preocupados com um problema específico: a detenção cautelar de alguns ex-membros do governo e lideranças de organizações sociais.

(SIR)

Photogallery

Manifestação em Barcola
17 fevereiro 2018, 09:05