Cerca

Vatican News
Logotipo da viagem apostólica do Papa ao Peru Logotipo da viagem apostólica do Papa ao Peru 

Cardeal Cipriani sobre viagem do Papa ao Peru: esperança e alegria

O Peru é um país católico, muito próximo ao Santo Padre.

Cidade do Vaticano

A viagem apostólica do Papa Francisco ao Peru, programada de 18 a 21 deste mês, enche o coração dos peruanos de alegria e esperança. 

Foi o que disse numa entrevista ao Vatican News o Arcebispo de Lima, Cardeal Luis Cipriani Thorne, acrescentando que os santos são os verdadeiros e grandes recursos do país: 

O Peru é um país católico, muito próximo ao Santo Padre. Existe grande movimentação em toda a nação, um movimento de grande esperança e alegria. 

Este reservatório de esperança se vê sobretudo na história do Peru, um país que tem grandes recursos. Os recursos maiores, como disse o Papa apresentando esta visita, são os de seus santos que mantiveram o Peru unido e contribuíram muito para toda a América Latina.

Cardeal Cipriani: “A vida desses santos entrou na identidade do povo peruano. Todo peruano se sente próximo à Santa Rosa de Lima, São Martinho de Porres e do Senhor dos Milagres. É uma presença muito profunda e espiritual que marca o nosso caminho na América Latina. Os primeiros santos latino-americanos vem do Peru.” 

Um dos momentos culminantes da visita será o encontro com o povo da Amazônia. Este é um tema que certamente ecoa a "Laudato si".

Cardeal Cipriani: “O Papa tem no coração o respeito pela natureza. No Peru, se estende também uma parte da floresta amazônica. O Santo Padre fará um discurso sobre o respeito da natureza. Precisamos, necessitamos desta natureza. Se destruímos a natureza, destruímos também as pessoas que vivem naqueles lugares. Parece-me que este seja também o início do Sínodo Pan-amazônico do próximo ano.”

A viagem do Santo Padre é também um reflexo de uma grande atração que o Papa Francisco tem pelo Peru, pela piedade popular desse povo.

Cardeal Cipriani: “Sim. Sinto o meu país como um lugar que o Papa tem em seu coração e que sente de maneira muito forte.”

 

04 janeiro 2018, 13:19