Versão Beta

Cerca

Vatican News
Crise social levou milhares de manifestantes às ruas na Venezuela Crise social levou milhares de manifestantes às ruas na Venezuela  (AFP or licensors)

Venezuela: cardeal pede soluções urgentes para combater a fome

Emergência social e futuras eleições foram os temas da entrevista que o arcebispo de Caracas concedeu a uma emissora local .

Cidade do Vaticano

O Arcebispo de Caracas, card. Jorge Liberato Urosa Savino, lançou um apelo ao governo para que encontre o mais rápido possível medidas eficazes contra o empobrecimento do país.

Segundo dados publicados recentemente pelo Observatório da Caritas, na Venezuela 82% da população está vivendo em estado de pobreza e 52% em indigência extrema.

Milhares de crianças mortas em 2016

Ainda de acordo com o relatório, mais de 11 mil crianças morreram em 2016 por falta de remédios e a mortalidade materna aumentou quase 70%.

País em estado de emergência

Diante desta situação, o arcebispo da capital concedeu uma entrevista à emissora “Unión Radio” e pediu que o governo resolva a “emergência social”, que envolve também o sistema de transportes públicos, cujos componentes principais se chamam “fome, escassez de gêneros alimentícios e outros produtos”.

Eleições

Quando ao cenário político, o cardeal expressou satisfação pela decisão do presidente Nicolás Maduro de convocar eleições este ano, mas pediu que as mesmas sejam transparentes, isentas de “dúvidas sobre a legitimidade dos resultados”, com condições équas para todos os candidatos, sem favoritismos. O arcebispo citou as negociações em andamento na República Dominicana entre o governo e a oposição, com a finalidade de alcançar um acordo para que o pleito se realize em condições máximas de transparência.

Ajudas da Caritas à população

Enquanto isso, continua a ajuda da Caritas Venezuelana à população em dificuldade. Em especial, foi ativada a distribuição de água e produtos de higiene e a promoção de projetos no âmbito da segurança alimentar e da nutrição, da saúde, da construção da paz e da formação.

Ouça a reportagem
04 janeiro 2018, 09:13