Versão Beta

Cerca

Vatican News
Fachada da Catedral de Notre Fachada da Catedral de Notre   (AFP or licensors)

Legião de Honra atribuída a sacerdote francês

A Ordem Nacional da Legião de Honra foi instituída por Napoleão Bonaparte em 20 de maio de 1802 e recompensa méritos eminentes militares ou civis à nação.

Cidade do Vaticano

O sacerdote da diocese de Paris, padre Jean-Robert-Armogathe, é uma das personalidades contempladas com a Ordem Nacional da Legião de Honra como oficial, a mais alta condecoração honorífica francesa  concedida a pessoas da França e do exterior, pelos méritos eminentes militares ou civis à nação.

O sacerdote é diretor de Estudos para a História das Ideias Religiosas e Científicas na Europa moderna na “École pratique des hautes études

Nascido em Marselha em 1947 e formado na École Normal Supérieure (da qual foi capelão de 1981 a 2017), padre Aemogathe é um dos fundadores da edição francófona da revista católica internacional “Communio”.

Autor de inúmeros estudos especializados, em 2010 dirigiu uma Histoire générale du christianisme em dois tomos para as Presses Universitaires de France.

Na “promoção” de final de ano – uma das ocasiões em que o Chefe de Estado atribui este prêmio - o presidente Emmanuel Macron escolheu 366 personalidades para receberem a honorificência, instituída em 20 de maio de 1802 por Napoleão Bonaparte.

02 janeiro 2018, 17:05