Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Bispos da Igreja Católica Siro-Malankar em assembleia nas Arábias Bispos da Igreja Católica Siro-Malankar em assembleia nas Arábias 

Bispos da Igreja Católica Siro-Malankar em assembleia nas Arábias

Ouça e leia a crônica do missionário scalabriano Olmes Milani, que presta sua missão em Dubai.

Missionário Pe. Olmes Milani CS - Dubai

Os nove milhões, aproximadamente, de expatriados de mais de 200 países que vieram trabalhar nos Emirados Árabes Unidos, trouxeram consigo suas religiões. Convergindo para este pequeno país, transformam-se numa espécie de vitrine das crenças no planeta. É nesse ambiente de convergência que descobrimos também a riqueza de ritos da Igreja Católica.

As autoridades eclesiásticas de diversos ritos reúnem-se aqui, com a finalidade de apoiar seu rebanho longe de suas origens.  Por isso, 14 bispos da Igreja Católica Siro-Malankar organizaram sua Assembleia Ordinária, no Emirado de Ras Al Khaimah que faz parte do Vicariato Sul da Arábia.

Segundo a tradição, a Igreja Católica Siro Malankar é uma das igrejas orientais indianas cuja fundação está ligada a São Tomé.  Está em comunhão com a Santa Sé desde 1930, após a cisão em 1663.

Seus fiéis concentram-se no Estado de Kerala, na costa oeste da Índia. É formada por uma arquidiocese maior e cinco eparquias.  Conta com cerca de 500 mil católicos na Índia e de umas dezenas de milhares de católicos, em outros países estrangeiros.

Por ser uma das igrejas “sui iuris,” isto é, com autonomia, seu rito litúrgico, bem como as vestimentas usadas regularmente, pertencem à tradição siríaca de Antioquia. Como seu rito é praticado na região indiana de Malankar, é conhecido como “Siro-Malankar.”.

 Unindo-se à Santa Sé, a Igreja Católica Siro Malankar contribui, maravilhosamente, enriquecendo-nos com seus belos ritos milenares.

Ouça a crônica do Pe. Olmes Milani
26 janeiro 2018, 12:49