Versão Beta

Cerca

Vatican News
Negociações de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN) estão suspensas Negociações de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN) estão suspensas  (AFP or licensors)

Bispos da Colômbia: “Construir juntos um país que seja pátria e casa de todos”

Em vídeo-mensagem, episcopado se expressa sobre as eleições em 2018: após as legislativas em março, heverá a disputa pela Presidência, prevista para 27 de maio.

Bogotá

“Construir juntos um país que seja pátria e casa de todos”

A Conferência Episcopal da Colômbia (CEC) divulgou aos colombianos, em texto e vídeo, uma mensagem em vista das eleições que se realizarão no país neste ano.

Em sete pontos, indicam critérios e fundamentos para exercer um voto responsável, livre e consciente para eleger os melhores e acabar com a corrupção.

“Os bispos católicos da Colômbia, como cidadãos e pastores, consideramos que o voto seja uma oportunidade para dar juntos “um novo passo” para a construção de um país que seja pátria e casa para todos, recordando que a Colômbia necessita a participação de todos para abrir-se ao futuro com esperança”, consta na introdução da mensagem.

Confira o vídeo

A Conferência pede aos colombianos que se envolvam no processo eleitoral, reforcem o comportamento ético, exijam campanhas transparentes, analisem propostas e trajetórias dos candidatos, e protejam a institucionalidade, entre outros.

Voto: direito e dever

Da mesma maneira, os bispos assinalam que o voto é um direito inalienável e dever fundamental, esclarecem que não avalizam um determinado partido político ou um determinado candidato e instam a acabar com o alto abstencionismo que historicamente caracterizou as eleições na Colômbia. “Ninguém deve se privar de votar”, apontam.

A Igreja afirma também que nas próximas eleições e debates não se gere mais polarização, mas ao contrário, “promovam o respeito, o diálogo e a criatividade política de que o país necessita neste momento”.

Igualmente, os bispos pedem que antes de dar o voto, os cidadãos analisem o candidato, para verificar se “a convicção moral de que a pessoa, o projeto político e a equipe de trabalho escolhidos realmente vão criar bem-estar a todos os colombianos”.

31 janeiro 2018, 12:02