Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Praça da Concórida, em Paris. Ao fundo, a torre Eiffel Praça da Concórida, em Paris. Ao fundo, a torre Eiffel 

Bispos franceses aos políticos: seguir "caminho da paz e do diálogo sempre possível"

“Convidamos os políticos a confiar no diálogo, no encontro, na justiça, na força da reconciliação, sempre possível”, exorta o presidente dos bispos franceses, Dom Georges Pontier.

Lourdes

Os artesãos da paz vencerão sempre e somente o caminho do diálogo abre as portas para o bem comum. Esta, a mensagem – particularmente endereçada aos políticos – lançada na sexta-feira (03/11) pelo presidente dos bispos franceses, Dom Georges Pontier, na abertura da assembleia plenária que está se realizando em Lourdes, sul da França, até a próxima quarta-feira, 8 de novembro.

Áudio na íntegra

“Nosso mundo é atormentado por grandes tensões que provocam desordens”, que “somente o diálogo, a justiça, a confiança e a reconciliação entre os povos podem pacificar” – afirma o arcebispo de Marselha.

Olhar-nos reciprocamente com respeito

“A história da Europa é um exemplo confortador. As nações, que durante séculos combateram entre si, encontraram o caminho da paz, a coragem da confiança recíproca, da reconciliação e da cooperação”, continua o presidente dos bispos franceses

“ Somos convidados a olhar-nos reciprocamente com respeito, para favorecer o diálogo. Não há outro modo para alcançar a paz e construir um mundo mais justo e fraterno. ”

“Nós encorajamos os artesãos da paz que trabalham em todos os países e em todas as situações. A constância, perseverança e obstinação deles diante de cada provação nos surpreende. Acabam sempre vencendo”, acrescenta.

Justiça e paz se abraçarão

“Não é no fechamento ou na busca de interesses nacionais ou de categorias que podemos oferecer um horizonte de felicidade para hoje e amanhã. ‘Amor e verdade se encontrarão, justiça e paz se abraçarão’, lê-se no Salmo 84. Convidamos os políticos a confiar no diálogo, no encontro, na justiça, na força da reconciliação, sempre possível”, exorta por fim Dom Pontier. 

(Sir)

07 novembro 2017, 10:58