Versão Beta

Cerca

Vatican News
Forças de ordem na favela da Rocinha Forças de ordem na favela da Rocinha  (AFP or licensors)

Dom Leonardo: o papel da CNBB diante da crise política brasileira

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil criticou a apatia e o desinteresse pela política, que cresce cada dia mais no meio da população brasileira, inclusive nos movimentos sociais.

Silvonei José - Brasília

No dias passados, mais precisamente na quinta-feira, 26, a presidência da CNBB manifestou sua apreensão e indignação com a grave realidade político-social vivida pelo país, que afeta tanto a população quanto as instituições brasileiras. No texto, a entidade repudia a falta de ética que se instalou nas instituições públicas, empresas, grupos sociais e na atuação de inúmeros políticos que, “traindo a missão para a qual foram eleitos, jogam a atividade política no descrédito”.

CNBB manifesta "apreensão e indignação" com a política brasileira

A Conferência criticou também a apatia e o desinteresse pela política, que cresce cada dia mais no meio da população brasileira, inclusive nos movimentos sociais. Apesar de tudo, a entidade diz que é preciso vencer a tentação do desânimo, pois só uma reação do povo, consciente e organizado, no exercício de sua cidadania é capaz de purificar a política e a esperança dos cidadãos.

“ Parece que o povo não mais acredita na força transformadora e renovadora do voto. ”

A Rádio Vaticano recebeu nos seus estúdios nas semanas passadas a Presidência da CNBB. O Secretário-Geral, Dom Leonardo Steiner conversou conosco sobre o momento político atual e sobre o papel da CNBB:

Dom Leonardo Steiner
30 outubro 2017, 15:45