Busca

Vatican News
Dom Thomas Luke Msusa, Bispo de Blantyre (Malawi), com o pessoal da Rádio católica Dom Thomas Luke Msusa, Bispo de Blantyre (Malawi), com o pessoal da Rádio católica 

Malawi. Conferência Episcopal: os idosos, como os jovens, são importantes

O Dia Mundial dos Avós e dos Idosos “nos ajudará a perceber que todos nós, jovens e idosos, avós e netos, pertencendo ou não à mesma família, somos um só Corpo e um só Espírito” – afirma o coordenador pastoral da Conferência Episcopal do Malawi (ECM), padre Henry Chinkanda, que assim sintetiza o sentido da iniciativa desejada pelo Papa Francisco e celebrada no domingo 25 de julho pela primeira vez.

Cidade do Vaticano

“Os idosos, como os jovens, são importantes. Sem eles, a Igreja carece de alguma coisa. Por isso - sublinha o coordenador pastoral da Conferência Episcopal do Malawi (ECM), padre Henry Chinkanda - é necessário que eles tenham o lugar que merecem nas nossas comunidades. É fundamental partilhar a vida dos idosos da mesma forma que o Senhor nos fez participantes do seu Corpo e do seu Sangue ”.

Oiça aquia reportagem e partilhe

Destacando como infelizmente também no Malawi os idosos são discriminados, negligenciados pelos seus filhos, maltratados e até falsamente acusados ​​de feitiçaria, o Padre Chinkanda recorda com o Papa Francisco que jovens e idosos precisam uns dos outros para poderem sonhar e construir juntos o mundo do futuro: "Os idosos - explica o sacerdote - não podem ir em frente sozinhos porque precisam de pernas fortes onde fazer caminhar os seus sonhos, e nem os jovens podem ir em frente sozinhos porque precisam de alguém que lhes diga que mesmo de uma noite escura pode surgir um novo amanhecer”.

Por isso, por ocasião do Dia dos Avós, as paróquias do Malawi decidiram devolver as ofertas dominicais a projectos de apoio aos idosos indigentes. O convite aos fiéis é, portanto, a "contribuir generosamente", mas também a cuidar em primeira pessoa de todos os idosos que os rodeiam e a "fazer com que eles sintam que Deus e a Igreja lhes estão próximos através da nossa bondade, do nosso amor e da nossa disponibilidade a fornecer-lhes as ajudas de que precisam”.

Esta, prossegue o sacerdote, é uma forma de sublinhar “a importância e a necessidade daquela proximidade intergeracional entre jovens e idosos” a quem, como sublinha o Papa Francisco, cabe a tarefa específica de transmitir a fé e a sabedoria que os jovens sozinhos não são capazes de alcançar. É também um modo - conclui - de agradecer a Deus pelos tantos dons que concedeu ao País, apesar dos seus tantos problemas: a paz, a liberdade, a terra, a água e as suas riquezas naturais.

Instituído pelo Papa Francisco no passado dia 31 de janeiro, o Dia dos Avós e dos Idosos tem este ano como tema "Eu estou contigo todos os dias" (Mt 28,20) e celebra-se no domingo mais próximo da memória litúrgica de São Joaquim e Santa Ana, os avós de Jesus.

26 julho 2021, 12:57