Busca

Vatican News
Cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, Bispo de Santiago de Cabo Verde Cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, Bispo de Santiago de Cabo Verde 

Diocese de Santiago de Cabo Verde completa 488 anos desde a sua criação

Uma Missa de acção de graças na tarde deste Domingo, 31 de janeiro, na pró-catedral de Nossa Senhora da Graça e presidida pelo Cardeal e Bispo Dom Arlindo Furtado marcou as celebrações dos 488 anos da criação da Diocese de Santiago.

Rádio Nova – Cabo Verde

Durante a homilia, Dom Arlindo Furtado falou das circunstâncias em que a Diocese foi criada, engrandeceu o facto de quase 500 anos depois a Igreja continuar cada vez mais viva em Cabo Verde.  

Dom Arlindo Furtado aproveitou para pedir ao Padroeiro Santiago Menor que continue a proteger a Igreja e todo o povo de Deus.

Oiça aquia reportagem e partilhe

A Diocese de Santiago de Cabo Verde foi criada em 31 de janeiro de 1533, pelo Papa Clemente VII, com a Bula “Pro Excelenti” e o seu 1º Bispo Dom Brás Neto,  O.F.M. (1533-1538)

Pela diocese já passaram um total de 34 bispos, sendo o primeiro de origem cabo-verdiana, (após a independência), o falecido Dom Paulino Livramento Évora, C.S.Sp. (1975-2009). O actual Bispo é Dom Arlindo Gomes Furtado (desde 2009).

Ainda em Cabo Verde, os Sacerdotes da Diocese de Santiago estão reunidos em retiro no Seminário de São José, na Cidade da Praia. O encontro começou este Domingo e prolonga-se até sexta feira próxima.

A informação foi avançada pelo Pároco de Nossa Senhora da Graça. Padre Edson Bettencourt indica que por estes dias as missas na Paróquia vão ser asseguradas com o apoio dos Padres Capuchinhos.

O encontro deverá contar com a participação de todos os padres diocesanos de todas as paróquias da Diocese de Santiago que integra as ilhas de Santiago, Maio, Fogo e Brava – informa a Rádio Nova de Maria, Emissora Cristã de Cabo Verde.

02 fevereiro 2021, 11:08